Meteorologia

  • 17 AGOSTO 2019
Tempo
21º
MIN 21º MÁX 22º

Edição

"Não há uma única parte de mim que queira voltar ao campo de treinos"

Inglês orientou o Valencia e diz que não quer voltar a repetir a experiência.

"Não há uma única parte de mim que queira voltar ao campo de treinos"

Gary Neville, antigo internacional inglês que deu nas vistas com as cores do Manchester United, em declarações à BBC Radio 4, abordou a possibilidade de voltar ao banco de suplentes, dizendo que a experiência que teve como treinador no Valencia... lhe chegou.

Dizendo-se empenhado em tentar um lugar como dirigente, o antigo defesa assume mesmo que aprendeu muito ao serviço do conjunto espanhol.

"Não há uma única parte de mim que acorde e pense: 'Quero estar no campo de treinos. Tive a minha experiência como treinador no Valencia e tive uma boa curva de aprendizagem", asseverou o ex-jogador.

"Estou mais interessado num lugar na direção ou no aspeto do negócio do futebol. (...) Adoro ver jogos mas simplesmente não quero estar no campo de treinos, sinto que já cumpri a minha parte da vida nesse âmbito e quero seguir em frente", acrescentou o jogador.

Relembre-se que o ex-atleta, agora com 44 anos, foi um dos elementos que, ainda sob o comando de Alex Fergusson, formou uma das equipas inglesas mais temidas de sempre, onde estavam nomes como David Beckham, Nicky Butt, Ryan Giggs e Paul Scholes.

Registe-se na Betano e aproveite o Bónus de 50% até 50€ no primeiro depósito! Jogue no Casino e ganhe Rodadas Grátis!

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório