Meteorologia

  • 20 JUNHO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

Edição

I Liga - Os melhores tentos apontados na última jornada

Mais vídeos

Euro'2020: Alemanha e França goleiam em noite de sofrimento italiano

Germânicos bateram a Estónia por 8-0, e os gauleses derrotaram Andorra por 4-0. Já os transalpinos, estiveram a perder com a Bósnia e Herzegovina e só consumaram a reviravolta a quatro minutos dos 90.

Euro'2020: Alemanha e França goleiam em noite de sofrimento italiano

A seleção alemã registou aquela que foi a mais ‘gorda’ goleada desta terça-feira de futebol internacional, ao bater a congénere da Estónia por ‘estrondosos’ 8-0, em jogo disputado na Opel Arena, em Mainz.

A equipa orientada por Joachim Low abriu a contagem logo aos dez minutos, por intermédio de Marco Reus. Ainda antes do intervalo, a estrela do Borussia Dortmund voltaria a fazer o gosto ao pé, assim como Sèrge Gnabry, Leon Goretzka e Ilkay Gundogan.

Já após o intervalo, a humilhação ganhou outros contornos, graças a mais um golo de Sèrge Gnabry, outro de Timo Werner (que tinha entrado em campo há pouco mais de dez minutos, para o lugar de Marco Reus) e ainda outro de Leroy Sané.

Com este (dilatado) resultado, os germânicos passam a registar nove pontos, menos três do que a líder do grupo C de apuramento para o Euro’2020, a Irlanda do Norte (que leva mais um jogo), que, à mesma hora, bateu a Bielorrússia por 1-0.

Redenção francesa

No entanto, esta não foi a única goleada registada esta noite. Em Andorra, a seleção francesa, que vinha de uma inesperada derrota com a Turquia, por 0-2, redimiu-se e marcou quatro golos sem resposta para vencer os homens da casa.

Kylian Mbappé fez o 100.º golo da carreira logo aos 11 minutos da partida, abrindo caminho para um resultado tranquilo, para o qual também contribuíram os tentos de Wissam Ben Yedder, Florian Thauvin e Kurt Zouma.

Um triunfo que permite à campeã do mundo ascender à liderança partilhada do grupo H, uma vez que o triunfo da Islândia sobre a Turquia, por 2-1, significou que, com quatro jornadas disputadas, estas três equipas somam nove pontos.

Italianos sofreram na 'casa' de Cristiano Ronaldo

A principal surpresa da noite por pouco não se deu em Turim. A seleção italiana entrou a perder na receção à Bósnia e Herzegovina, devido a um golo de Edin Dzeko, e só conseguiu dar a volta na segunda parte: Lorenzo Insigne igualou aos 49 minutos, e Marco Verratti sentenciou a reviravolta apenas aos 86.

Esta vitória 'arrancada a ferros' permite ao conjunto transalpino seguir 100% vitorioso no grupo J. Com 12 pontos em 12 possíveis, é líder isolado, com mais três pontos do que a Finlândia, que derrotou o Liechtenstein por 2-0.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório