Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Benfica - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

"Fomos campeões com justiça e as pessoas não estão a dar ênfase a isso"

Defesa do Benfica defende mérito encarnado na conquista do título de campeão nacional.

"Fomos campeões com justiça e as pessoas não estão a dar ênfase a isso"

Rúben Dias acredita que o Benfica tem total mérito por conquistar o título de campeão num campeonato em que o rival FC Porto esteve "tão forte". Em entrevista à Rádio Renascença, o internacional português comentou a agressividade que coloca em campo e divide o mérito entre Rui Vitória e Bruno Lage. 

"Isso valoriza muito o nosso título. Fomos campeões com toda a justiça e as pessoas não estão a dar ênfase a isso", defende o defesa do Benfica que passou mais temas em revista. 

Agressividade: "Sou central e a minha posição exige que seja um jogador agressivo em campo, que demonstre a fibra para o resto da equipa, mas sempre com a máxima lealdade, com o intuito de desfrutar o que é o jogo. Apesar das críticas... Acaba por ser normal, é o futebol; um clube e outro tentaram por vezes aumentar o que é a imagem do jogador e é fácil encarar tudo isso que se fala."

Marcador ao serviço: "Não sou o tipo de jogador que quer fazer golos porque é a coisa mais importante do futebol. Claro que me preparo para ser melhor em todo os aspectos do campo, mas não é uma coisa obsessiva de querer fazer golos. Primeiro sou um defesa: não quero fazer golos antes de defender. É mais uma questão de estar preparado e claro que gosto de ajudar a equipa com golos."

Futuro: "Para qualquer jogador é bom sentir que está a ser avaliado e que está a ter boas avaliações. Sentimo-nos valorizados. Mas o foco na época tem de estar sempre no clube. Sentimo-nos bem, mas há que ter os pés bem assentes na terra. A nossa obra é onde nós estamos."

Papel dos adeptos: "Acredito que tivemos sempre os adeptos do nosso lado. Passámos por uma fase mais complicada e acredito que tenha sido normal numa certa altura, nessa fase, algum descontentamento. É normal, é-nos exigido ganhar sempre, mas não podemos ganhar sempre."

Mérito de Bruno Lage... e Rui Vitória: "Olhando para o destino final, é óbvio que foi bom, as razões serão sempre de difícil conclusão. Ainda assim, protagonizámos muitos bons momentos Rui Vitória e, quando chegou o míster Lage, fizemos uma reta final de campeonato incrível. Acho justo dividirmos o mérito."

Elogios aos rivais: "Foi uma vitória ainda maior por termos apanhado o FC Porto tão forte, o Sporting também forte, um Sp. Braga também muito forte. Isso valoriza muito o nosso título. As pessoas, agora no fim, não estão a dar tanto ênfase a isso e nós, de facto, fomos campeões com toda a justiça, com todo o mérito, num campeonato em que estávamos a lutar com outras três equipas com um nível muito alto."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório