Meteorologia

  • 25 MAIO 2019
Tempo
25º
MIN 21º MÁX 29º

Edição

FC Porto - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

Acabou o gasóleo do Dragão na Champions. Liverpool acelera para Barcelona

Dragão despede-se da prova milionária com duas derrotas, diante dos reds, nos quartos de final (0-2 e 1-4).

Acabou o gasóleo do Dragão na Champions. Liverpool acelera para Barcelona
Notícias ao Minuto

21:51 - 17/04/19 por Ricardo Santos Fernandes 

Desporto Liga dos Campeões

Resumo: “You say "Goodbye" and I say "Hello, hello, hello". Era impossível não começar o artigo deste jogo, sem evocar a música do grupo musical The Beatles – Hello, Goodbye -, de onde é proveniente este quarteto. Em Liverpool nasceram os Beatles, em Liverpool nasceu uma equipa que é, por muitos, considerada uma das melhores do mundo.

E, fazendo jus à letra, o FC Porto disse adeus à Champions, os reds disseram olá às meias-finais da prova milionária, na sequência dos dois triunfos alcançados nos ‘quartos’.

O jogo no anfiteatro da Invicta escreveu-se a azul e branco, mas os contra-ataques mortíferos dos pupilos de Jurgen Klopp mataram um ‘dragão’ dentro das quatro linhas, que nunca se rendeu nas bancadas, até… ao apito final.

O FC Porto marcou o seu único golo, por Militão, aos 68 minutos, numa procissão ‘red’ que começou com o golo de Mané, aos 26’, e ficou consumada com os remates certeiros de Salah, aos 65’, Firmino, aos 77’, e Van Dijk, aos 84’ … contas feitas, 6-1 no conjunto das duas mãos.

Os dragões concentram agora atenções no campeonato, onde estão empatados com o Benfica na classificação. Já o Liverpool segue viagem para Barcelona, para o encontro das meias-finais na Liga dos Campeões.

Depósito cheio de tudo e 28 minutos depois...

Desde 2009, frente ao APOEL, que o FC Porto não fazia 15 remates numa primeira parte na Liga dos Campeões. Este é um dado estatístico que traduz, sobretudo nos primeiros 25 minutos, a etapa inicial avassaladora que o dragão realizou.

Procure no dicionário todos os sinónimos possíveis e imaginários da palavra asfixiar. Todas podiam descrever na perfeição um dragão que, logo aos 33 segundos, esteve à beira de abrir o marcador, por intermédio de Corona. Depois foi a vez de Marega, mais tarde de Herrera, seguiu-se Danilo, novamente Marega, e Marega, e Marega. O maliano teve tantas, mas tantas, ocasiões para estoirar o ‘dique’, todavia a bola teimava em não entrar na baliza de Alisson.

E, na primeira oportunidade do Liverpool, ainda Casillas se abrigava dos pingos de chuva que caíam no Estádio do Dragão, quando Mané abriu o ativo, num lance de suspense em que o VAR valida, dois minutos depois da bola ter ultrapassado a linha final.

Como vem sendo hábito no país, o FC Porto também não escapou à maldição. O combustível entrou rapidamente na reserva, e a tarefa de marcar quatro aos pupilos de Jurgen Klopp passou a traduzir-se num depósito de utopia.

O jogo continuou a ser escrito a azul e branco, mas o Liverpool através dos seus contra-ataques mortíferos espalhou um pouco mais de veneno no marcador, desta feita por Salah. Após o 0-2, o Dragão respondeu de pé, aplaudindo o esforço dos seus jogadores.

E os aplausos foram recompensados com o golo de Militão, instantes depois. Num jogo, em que se jogava mais com o coração do que com a cabeça, os erros dos comandados de Sérgio Conceição começaram a surgir em catadupa, por falta de atenção e de desgaste, a exemplo do terceiro e quarto golo dos reds.

A eliminatória terminou com pesados números para os azuis e brancos (6-1 no conjunto das duas mãos), mas com um Dragão que o abraçou mesma na hora da despedida.

Relato do jogo: 

90+2' - TERMINA O JOGO NO DRAGÃO! FC Porto eliminado da Champions, Liverpool segue para as 'meias'. 

90' - Dois minutos de compensação!

84' - GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLO DO FC PORTO! MARCA VAN DIJK!

81' - Substituição no FC Porto: sai Brahimi e entra Bruno Costa.

78' - Substituição no FC Porto: sai Corona e entra Fernando Andrade

77' - GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLO DO LIVERPOOL! MARCA FIRMINO, após cruzamento soberbo de Henderson!

72' - Mané desperdiça um golo cantado no Dragão, após destruir por completo a defesa azul e branca! Mané isola-se, finta Casillas e... atira ao lado.

71' - Alteração no Liverpool: entra Henderson e sai Robertson.

68'- GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLO DE MILITÃO! UM GOLAÇO DO MELHOR HOMEM EM CAMPO DO FC PORTO! Cabeçada triunfal do lateral brasileiro na pequena área.

66' - Alteração no Liverpool: sai Alexander-Arnold e entra Gomez.

65' - GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLO DO LIVERPOOL! MARCA SALAH, APÓS UM CONTRA-ATAQUE MORTÍFERO DOS REDS! Os adeptos do FC Porto levantam-se e aplaudem a equipa... IMPRESSIONANTE!

62' - Livre de Corona e Felipe desvia por cima. É assinalado fora de jogo.

58' - Remate de Herrera, de longe, sai à figura de Alisson.

54' - QUE PERIGO! Cruzamento de Herrera, apareceu Soares no coração da grande área a cabecear ao lado da baliza de Alisson. Conceição fica com os nervos à flor da pele!

50' - Cabeceamento de Marega contra um defesa do Liverpool.

48' - Cruzamento de Alex Telles e Soares domina no peito mas não consegue o remate em boa posição.

46' - Começa a segunda parte. No FC Porto sai Otávio, para a entrada de Soares. Sai Origi, entra Firmino, nos reds.

45+2'- Intervalo no Estádio do Dragão!

45' - Dois minutos de compensação!

O FC Porto perdeu ideias e clarividência, após o golo do Liverpool, e não se consegue encontrar em campo.

40' - Remate de Corona... à figura de Alisson! Confira o golo que dá vantagem ao Liverpool no Dragão

36' - Cartão amarelo para Pepe!

32' - Cartão amarelo para Mané, após cotovelada sobre Militão!

28'- Árbitro recebe indicações do VAR... e anula a decisão. É GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLO DO LIVERPOOL! Contra a corrente do jogo, Mané restabelece a igualdade no marcador. O Liverpool marca no primeiro remate que fez à baliza.

26' - Golo anulado ao Liverpool!

23' - Remate em carambola de Marega. Fácil para Alisson. Nove remates contra zero dos reds.

16' - FC Porto já dispôs de cinco oportunidades de golo! O dragão está infernal!

15 ' - Remate perigosíssimo de Marega... e a bola a rasar o poste esquerdo de Alisson!

13' - QUE MALDADE DE CORONA E QUE SHOW DO MEXICANO! Desfez-se de Matip, cruza para o coração da área, apareceu Marega... e o maliano desperdiça o primeiro!

11' - Canto de Alex Telles e Danilo tão perto do golo!

10' - Herrera preparava-se para cabecear para o golo, saiu Milner a cortar na hora H para canto. 

7' - Poucos minutos de jogo, mas o FC Porto com domínio total. Pressão asfixiante dos azuis, sem deixar os reds com hipóteses de sair a jogar.

4' - Segundo tiro do FC Porto no jogo... desta sem pólvora, por intermédio de Marega, à entrada da área.

1' - Logo no primeiro minuto... momento de enorme frisson no Dragão.... Corona a bailar pela ala direita da grande área do Liverpool, chutou, e a bola passou a centímetros da barra da baliza de Alisson.

1'- Rola a bola no ESTÁDIO DO DRAGÃO!

- Ambiente arrepiante no Estádio do Dragão. Perto de 50 mil espetadores. 

Onzes oficiais:

FC Porto: Casillas; Alex Telles, Pepe, Felipe, Militão; Danilo, Herrera, Corona; Brahimi, Otávio e Marega.

Liverpool: Alisson; Arnold, Matip, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Milner e Wijnaldum; Mané, Salah e Origi.

Suplentes:

FC Porto: Vaná, Maxi Pereira, Bruno Costa, Oliver, Fernando, Soares e André Pereira

Liverpool: Mignolet, Gomez, Henderson, Keita, Sturridge, Shaqiri e Firmino

Antevisão: O Estádio do Dragão vive, nesta quarta-feira, mais uma noite de gala. A máxima competição de clubes coloca frente a frente o FC Porto, duas vezes campeão europeu, diante de um Liverpool, que tem no seu palmarés cinco Champions.

A missão do FC Porto tornou-se difícil, logo a partir do momento em que a sorte ditou os reds no seu caminho, mais sinuosa ficou a ‘estrada’ depois da derrota de 0-2, em Anfield Road, na primeira mão. O emblema da cidade Invicta procura evitar a sua 11.ª eliminação nos quartos de final na competição, e afastar os fantasmas da temporada 2000/2001, em que o Liverpool, depois do 2-0 trazido de Inglaterra, ‘congelou’ o nulo no Dragão.

Na conferência de antevisão à partida, Sérgio Conceição explicou que a receita para uma noite épica passa pelos seus jogadores, e que os seus ensinamentos apenas traçam o caminho. A estratégia, a táctica, os posicionamentos, a ambição, essa tem de estar nos seus pupilos. Mas, Conceição lá confessou… “se pudesse entrar em campo, entrava, e marcava uns quantos golos”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório