Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

J. Marques explica multa da FIFA ao FC Porto e atira-se a águias e leões

Diretor de comunicação dos dragões recorda multas aplicadas pela FIFA aos rivais de Lisboa.

J. Marques explica multa da FIFA ao FC Porto e atira-se a águias e leões

O FC Porto foi admoestado, nesta terça-feira, pelo Comité de Disciplina da FIFA com uma multa de 50 mil francos suíços (44 mil euros) devido à influência de fundos de investimento na transferência de um jogador.

Jogador esse que se chama Brahimi e, de acordo com Francisco J. Marques,  trata-se de uma multa injusta, uma vez que na altura da sua contratação " ainda não havia a lei sobre a terceira parte dos passes". O diretor de comunicação do FC Porto aproveitou ainda para relembrar, no programa Universo da Bancada, no Porto Canal, alguns casos de Benfica e Sporting.

"Esta notícia está a ter uma proporção inusitada em comparação a multas idênticas a Benfica e Sporting, por razões idênticas. No ano passado o Benfica foi multado em 150 mil francos (125 mil euros) e Sporting em 110 mil francos suíços (92 mil euros). Isto prende-se com contrato do Brahimi, cujo financiamento da transferência foi feito pelo fundo Doyen. Na altura ainda não havia a lei sobre a terceira parte dos passes. Esta multa parece-nos injusta. Qual foi a interferência dessa terceira parte? O Brahimi assinou por cinco anos e está a cumprir o último ano do contrato. Não se vislumbra influência. O FC Porto está a estudar recurso para o TAS da Suíça".

Registe-se na Betano e aproveite o Bónus de 50% até 50€ no primeiro depósito! Jogue no Casino e ganhe Rodadas Grátis!

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório