Meteorologia

  • 19 MARçO 2019
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 12º

Edição

Sporting - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

Keizer recuperou motor do meio-campo que impulsiona o 'gás' na frente

Wendel realizou 19 partidas esta temporada, 17 delas com Marcel Keizer aos comandos.

Keizer recuperou motor do meio-campo que impulsiona o 'gás' na frente
Notícias ao Minuto

08:10 - 20/02/19 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Análise

Marcus Wendel chegou ao Sporting no início de 2018, no mercado de inverno, depois de deixar o Fluminense e de estar no radar de Paris Saint-Germain e FC Porto. Atualmente, é uma das peças imprescindíveis de Marcel Keizer. Mas nem sempre o seu caminho em Alvalade foram rosas.

De 'besta' a 'bestial' depois de... três treinadores 

Chegou em janeiro mas só se estreou em março do último ano, na vitória sobre o Rio Ave, para o campeonato nacional. O brasileiro entrou aos 89 minutos, após a saída de Fábio Coentrão. 

Porém, fez apenas mais três jogos, todos como suplente, e a sua história com Jorge Jesus terminou em abril, após a partida com o Belenenses. 

O verão de 2018 trouxe várias entradas e saídas, em Alvalade, com rescisões unilaterais por parte de nove jogadores e a saída do treinador e do Presidente. José Peseiro aceitou o convite de Sousa Cintra, mas a realidade de Wendel não se alterou.

Depois de a imprensa ter dado conta do possível regresso do atleta ao Brasil, e ainda das viagens sem a alegada autorização prévia da direção leonina, o jogador alinhou em duas partidas com Peseiro. Foi suplente utilizado com o Marítimo (3-1) e titular na derrota com o Estoril (1-2), estreando-se a marcar no o jogo que ditou a saída de Peseiro de Alvalade.

Não fez parte do lote de escolhas do interino Tiago Fernandes, mas a vida de Wendel mudou com a chegada de mais um holandês à equipa verde e branca. Assumiu a titularidade no primeiro teste de Marcel Keizer, para Taça de Portugal, com o Lusitano de Évora (4-1), saindo aos 79 minutos.

Mesmo com uma paragem de praticamente um mês devido a uma entorse no joelho, o médio de 21 anos soma um total de 1421 minutos disputados em 19 partidas, com dois tentos apontados.

Protagonismo de Wendel sobe rendimento de companheiros 

Desde que recuperou de lesão, Wendel tem sido titular em praticamente todos os duelos disputados pelo Sporting, desde o início do presente ano, com exceção da receção ao Villarreal, partida em que entrou aos 70 minutos, para a saída de Petrovic. 

E a sua titularidade influencia a prestação da equipa. Com a sua presença no meio campo, o rendimento tanto de Gudelj como de Bruno Fernandes, é superior. Aliás, o médio goleador dos leões consegue ter mais liberdade nos movimentos, jogar mais à frente e, por consequência, continuar a marcar golos.

Não é uma surpresa para quem seguia o brasileiro no Fluminense. Chegou a Portugal com o rótulo de "o menino que joga muito", prometendo encantar com a sua velocidade em progressão e drible. Depois de ganhar algum espaço, parece que Wendel deixou as dificuldades de adaptação sentidas inicialmente para trás das costas e 'ressuscitou' para ajudar o leão a renascer. 

Wendel saiu do jogo com o Sp. Braga, na última jornada, com queixas no joelho, que podiam indicar problemas para os leões. No entanto, o brasileiro faz parte da convocatória para a partida com o Villarreal, referente à 2.ª mão dos dezasseis avos de final da Liga Europa, agendada para a próxima quinta-feira. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório