Meteorologia

  • 24 MARçO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

FC Porto - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

"Prefiro que se discuta o Pepe no meio do que se fale em toupeiras"

Técnico do FC Porto fez a antevisão ao duelo com o V. Setúbal.

"Prefiro que se discuta o Pepe no meio do que se fale em toupeiras"
Notícias ao Minuto

13:15 - 15/02/19 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Sérgio Conceição

Sérgio Conceição, técnico do FC Porto, fez esta sexta-feira a antevisão ao duelo com o Vitória de Setúbal, agendado para a noite de sábado e referente à 22.ª jornada da I Liga. 

Jogar antes dos rivais: "Não tinha pensado nisso. Nós temos que fazer o nosso jogo e de ganhá-lo. Depois ou antes. O ano passado jogámos quase sempre depois dos outros. O ano passado foi um campeonato muito competitivo até ao final e não foi por aí. Não é relevante." 

Felipe: "Eu acho que já foi tudo dito. Eu não vejo qual é a estranheza. Depois de um jogo, que foi dos oitavos de final da Liga dos Campeões, e eu estou a cumprimentar os jogadores. Há um que está irritado com um lance do jogo, com um adversário ou com um colega. Não interessa. Para já, prefiro ter um jogador irritado quando perdemos do que aos sorrisos e abraços e a combinar um jantar no dia seguinte. É uma situação normal. A forma como as pessoas analisam aquilo que é um dedo ao meio depende de como cada um quer interpretar. Depende das pessoas e da forma como querem interpretar essas imagens. Foi isso que se passou." 

V. Setúbal: "Com o Sandro, a equipa não marca muito mas não sofre. Mudou um bocadinho a estrutura habitual. É uma equipa poderosa em termos físicos. Tem jogadores interessantes e boas individualidades. Vai ser um jogo dentro daquilo que tem sido o campeonato. Fica mais ou menos difícil consoante aquilo que o FC Porto dizer. Nós temos a obrigação de chegar amanhã e ganhá-lo." 

Acabou a fase de maus resultados?: "Era o que me faltava. Estou plenamente convencido [que acabou a pior fase]. Mas tudo pode acontecer. No futebol há três resultados possíveis. Já vi muita coisa no futebol. Mas acredito que essa fase do campeonato, de a tal bola na trave, já passou. Amanhã vamos ganhar o jogo." 

Problemas defensivos: "Isso é histórias da carochinha que vocês contam. Para falar de futebol... Tenho só a dizer quando o Pepe chegou aqui, ouvi muitos comentadores - aqueles que dizem Militão à direita e Pepe e não sei quantas - dizerem que era talvez o setor defensivo mais forte da Europa. Agora já é porque o Militão está a direita e não sei quê. Vejam uma coisa. A chegada do Pepe coincidiu com a lesão do Maxi em Alvalade. Tínhamos a final four da Taça da Liga e os oitavos de final da Champions. Não é agarrar num jogador que faz quatro ou cinco meses a central e metê-lo, de um momento para o outro, a lateral. Aqui tem que haver preparação. Tudo é trabalhado e estudado ao pormenor. Obviamente que prefiro que nos debates e que nas redes sociais se discuta se o Pepe no meio, ou três centrais, Militão à direita, ou Zé, António ou Manel. Prefiro isto do que se fale em toupeiras e outras coisas mais. Isto é falar de futebol. Acho até engraçado as discussões que fazem nas redes sociais. Acho alguma graça a isso. Por aquilo que me vão dizendo, não sou muito adepto dessas redes sociais. Não é que não as utilize, mas não sou muito adepto. Por isso, tudo aquilo que se faz é que com a consciência de que estamos a meter o onze mais forte. Se o Militão jogou ou vai jogar à direita é porque eu entendo que é o nosso onze mais forte. Ponto. "

Proximidade do Benfica e do Sp. Braga afeta os jogadores?: "Sentiria-me afetado quando era treinador do Olhanense e tínhamos quatro ou cinco meses de ordenados em atraso e os jogadores tinham dificuldades em arranjar comida para comer em casa. Aí é que estava afetado. Eu nunca estou afetado quando preciso de trabalhar e de arranjar soluções para ganhar o jogo. Não há nada que me abale. Sinto uma pressão enorme todos os dias ao vir para aqui trabalhar e ganhar os jogos. Estamos à frente. É preciso lembrar isto. Dependemos só de nós. Vamos fazer de tudo para que em maio se façam as contas e que essas pendam para o nosso lado."

Margem de erro: "Nunca jogámos sentindo que estávamos confortáveis na liderança. Jogámos sempre para ganhar o jogo. Aconteceu esta fase, onde na minha opinião houve 45 minutos fracos da minha equipa. Que foi contra o Moreirense. Há momentos em que a bola bate no poste e o adversário faz golo. Nós temos de contrariar isso. Temos de ir à procura, com os jogadores que temos disponíveis, de meter o melhor onze para ganharmos o jogo amanhã." 

Dar a volta às ausências: "É exatamente aquilo que eu já disse. As pessoas estão a falar do Aboubakar, mas ele está fora desde do início da temporada. O Soares também esteve fora quase três meses. O Marega sustentou o ataque durante quatro ou cinco meses e não foi por isso que não passámos aos oitavos da Champions. É preciso encontrar soluções no grupo de trabalho. Já disse que temos de ser inteligentes e criativos na forma como trabalhamos na equipa. Sabemos que as ausências têm algum peso, mas não pode interferir no jogo." 

Três jogos sem vencer: "A opinião pública e é aquilo que fazem aos jogos são os resultados. Eu acho que melhor exibição fora foi em Guimarães e ninguém fala nisso. Falam no empate ou nos dois pontos que lá deixamos. Amanhã quero ver uma vitória para o FC Porto."

Brahimi: "Temos sofrido com essas lesões. O Brahimi amanhã está fora. Como eu disse na antevisão do jogo com a Roma, sou pago para lidar com essas ausências e para encontrar soluções. Nunca me vou desculpar com essas ausências. Estarão outros. Os três jogadores que entraram em Roma entraram bem e um deles fez o golo. A força do balneário e da nossa equipa é essa. Somos a equipa que normalmente os jogadores que entram no decorrer do jogo têm um peso enorme no resultado final. Não há que lamentar, mas sim encontrar soluções para ganhar o jogo." 

 

 

 

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório