Meteorologia

  • 22 JULHO 2018
Tempo
22º
MIN 20º MÁX 23º

Edição

Nenê Bonilha despede-se do V. Setúbal e o telefone... não pára

Médio brasileiro decidiu não renovar com os sadinos e vai estudando propostas para a nova temporada.

Nenê Bonilha despede-se do V. Setúbal e o telefone... não pára
Notícias ao Minuto

06:55 - 17/05/18 por Fábio Aguiar

Desporto História

Duas temporadas depois, chegou ao fim a aventura de Nenê Bonilha no V. Setúbal. O médio termina contrato com os sadinos no próximo dia 30 de junho e a saída é já um dado adquirido. Segundo informações recolhidas pelo Desporto ao Minuto, o clube tentou tudo para renovar e continuar a ligação na próxima temporada, mas o desejo do brasileiro em mudar de ares prevaleceu. 

Bonilha parte, de resto, esta quinta-feira para o Brasil, onde irá desfrutar o merecido período de férias. No entanto, o jogador de 26 anos deverá resolver o futuro em breve.  

Para já, existem várias opções em agenda e o médio não rejeita nenhum cenário, nem mesmo o regresso ao país Natal. Foi de lá, precisamente, que chegou uma das propostas.

O At. Paranaense já colocou uma oferta em cima da mesa, a imprensa brasileira deu mesmo o acordo como fechado, mas a verdade é que o processo está longe de ser fechado, até porque há outros clubes interessados no médio. 

Além do Brasil, existem mercados onde Nenê Bonilha é bastante desejado. O jogador já rejeitou um convite de um clube da Grécia e nesta altura França é um dos destinos apontados, mas também há possibilidades do jogador vir a prosseguir a carreira no Médio Oriente. 

Força e classe no meio-campo sadino

Contratado em 2016 ao Nacional, Nenê Bonilha fez da regularidade uma das principais características nesta passagem pelo V. Setúbal. Em duas temporadas, o brasileiro disputou 49 jogos e evidenciou sempre uma entrega e um espírito de equipa muito apreciados pelo técnico José Couceiro. Aliás, na última época, o médio chegou a ser protagonista de um dado curioso no emblema do Sado: Até à 29.ª jornada, sempre que foi titular, o V. Setúbal... não perdeu.

Já esta época, Nenê voltou a estar em bom plano, disputou 25 partidas e assumiu-se como um dos 'pilares' do meio-campo sadino. A lesão no braço esquerdo contraída frente ao Benfica, no Bonfim, a 29 de dezembro, atirou-o para fora dos relvados durante dois meses e meio, mas depois de recuperar voltou à titularidade e ajudou os comandados de José Couceiro a garantirem a manutenção da Primeira Liga. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.