Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Cendrev e A Escola da Noite estreiam esta noite 'Embarcação do Inferno'

A peça 'Embarcação do Inferno', baseada no 'Auto da Barca do Inferno', de Gil Vicente, estreia hoje à noite em Évora, numa coprodução do Centro Dramático de Évora (Cendrev) e da companhia A Escola da Noite, de Coimbra.

Cendrev e A Escola da Noite estreiam esta noite 'Embarcação do Inferno'
Notícias ao Minuto

15:37 - 06/10/16 por Lusa

Cultura Teatro

A estreia do espetáculo, baseado no "mais conhecido e emblemático" texto de Gil Vicente, o 'Auto da Barca do Inferno', está agendada para as 21h30, no centenário Teatro Garcia de Resende.

A coprodução, segundo explicou o Cendrev, acontece no ano em que se assinalam os 500 anos sobre a primeira apresentação deste texto da autoria de Gil Vicente.

"As duas companhias juntam as suas equipas para celebrar com o país um dos momentos mais importantes da história do teatro português", realçou o Cendrev.

Ambos os grupos assumem que "partilham, há muito, o gosto pela obra de Gil Vicente", que é "uma marca incontornável" nos respetivos repertórios.

"Ao longo dos anos, e em diferentes produções", o Cendrev e A Escola da Noite têm feito "abordagens cénicas contemporâneas da obra vicentina, sempre com o gosto acrescido de trabalharem com o texto original", afirmaram.

Com encenação conjunta dos diretores artísticos das duas companhias, José Russo (Cendrev) e António Augusto Barros (A Escola da Noite), a peça é interpretada por Ana Meira, Jorge Baião, José Russo, Rosário Gonzaga, Rui Nuno, Igor Lebreaud, Maria João Robalo e Miguel Magalhães.

Dirigida a todos os públicos, incluindo o escolar, 'Embarcação do Inferno' vai estar em cena em Évora até ao dia 30 deste mês.

Depois, ruma a Coimbra, onde vai ser apresentada entre 10 de novembro e 4 de dezembro, no Teatro da Cerca de São Bernardo.

A temporada na cidade alentejana inclui espetáculos de quarta-feira a domingo para o público em geral e às quintas e sextas-feiras também para as escolas, enquanto, no caso de Coimbra, o público em geral vai poder ver a peça de quinta a domingo e os alunos das escolas de quarta a sexta-feira.

Terminadas as apresentações nestas duas cidades, a peça vai "partir" em digressão nacional, "por algumas das principais salas e cidades do país, ao longo do primeiro trimestre de 2017", explicou o Cendrev.

O espetáculo tem cenografia de João Mendes Ribeiro e Luísa Bebiano, figurinos, bonecos e imagem gráfica de Ana Rosa Assunção, música de Luís Pedro Madeira e desenho de luz de António Rebocho.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório