Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 24º

Dia Internacional e Noite dos Museus com centenas atividades no país

Mais de 250 atividades, na maioria de acesso gratuito, vão assinalar o Dia Internacional e a Noite dos Museus, com concertos e visitas orientadas em dezenas de entidades pelo país, segundo a Museus e Monumentos de Portugal.

Dia Internacional e Noite dos Museus com centenas atividades no país
Notícias ao Minuto

17:24 - 15/05/24 por Lusa

Cultura Cultura

Celebrado tradicionalmente a 18 de maio desde 1997 para reforçar os laços dos museus com a sociedade, através de várias atividades culturais, o dia internacional terá este ano como lema "Museus, Educação e Investigação", segundo o 'site' do Conselho Internacional de Museus (ICOM, na sigla em inglês), promotor do evento a nível mundial.

Com base neste tema, a empresa pública Museus e Monumentos de Portugal (MMP) lançou o desafio aos 38 museus e monumentos nacionais, e aos 169 espaços museológicos que integram a Rede Portuguesa de Museus para se associarem a estas comemorações, promovendo dezenas de atividades em todo o país, incluindo várias atividades dedicadas a famílias.

Visitas guiadas e temáticas a exposições, às reservas de alguns museus, espetáculos de teatro, dança, circo e música, oficinas, palestras, entre outras iniciativas, na maioria gratuitas, para todos os públicos, compõem um programa geral que soma neste momento 258 atividades, envolvendo mais de sete dezenas de museus e monumentos de todo o território nacional, segundo um comunicado da MMP.

Este ano o Dia Internacional dos Museus coincide com a Noite Europeia dos Museus, criada em 2005, que permite aos visitantes usufruir destes espaços em período noturno, e participarem nas múltiplas atividades programadas, que podem ser consultadas em https://dim.museusemonumentospt.pt/, em permanente atualização.

De acordo com a MMP, a entrada nos 38 museus, monumentos e palácios nacionais da sua tutela é gratuita.

A programação começa, nalguns espaços, já a partir de quinta-feira, nomeadamente em Braga, onde será possível fazer "Uma viagem sonora pela educação musical", um concerto/recital que associará a música ao espaço patrimonial, no Museu dos Biscainhos, e, no Porto, uma "Visita à noite e com lanternas!" é uma das propostas do Museu Nacional de Soares dos Reis.

Ainda no Norte, no Mosteiro de Leça do Balio, sede da Fundação Livraria Lello, será exposta, pela primeira vez ao público, a obra "Descida da Cruz", do pintor português Domingos Sequeira (1768-1837), que seguirá para o Museu Nacional de Soares dos Reis, para exposição a partir de 01 de junho.

Gerardo Rodrigues ao piano marcará o Dia Internacional dos Museus e a Noite Europeia dos Museus no Museu José Malhoa, nas Caldas da Rainha, e no Museu Nacional de Conímbriga decorrerá uma apresentação de comunicações no âmbito de trabalhos de mestrado e doutoramento desenvolvidos naquele museu.

Em Coimbra, o museu municipal organiza a visita guiada dramatizada "O Guarda chaves sobe à Torre de Almedina", às 11:00, destinada ao público em geral e a crianças com mais de 6 anos, mediante inscrição prévia, segundo o programa geral.

No distrito de Leiria, o Mosteiro de Alcobaça irá apresentar um ateliê intitulado "Uma viagem pelo tempo: como é ser monge?", pelas 10:30, para dar a conhecer uma parte importante do monumento - o Scriptorium - onde os monges copistas produziam códices, os livros medievais.

Em Lisboa, o Museu Nacional de Arte Antiga vai organizar, especialmente para famílias, uma visita-jogo relativa ao "Retrato de um artista: a arte de Domingos Sequeira", enquanto durante a Noite Europeia de Museus, às 21:30, no antigo ateliê do pintor José Malhoa, na Casa-Museu Anastácio Gonçalves, decorrerá "Uma soirée musical e literária do início do século XX", pelo Movimento Patrimonial para a Música Portuguesa.

Ainda na capital, o Museu Nacional de Etnologia vai organizar visitas guiadas às "Galerias da Amazónia", entre as 19:00 e as 20:00, em cujas reservas visitáveis, o público em geral tem acesso às coleções relativas às culturas amazónicas com mais de 1.700 objetos que as constituem, representando um total de 37 povos indígenas.

Por seu turno, o Museu Rainha D. Leonor, em Beja, organizará o "Museu na Rua" através de oficinas e, no Funchal, no Museu Quinta das Cruzes, terá lugar um baile oitocentista.

A MMP sublinha, no comunicado, que a edição deste ano do Dia Internacional dos Museus destaca o seu "papel fundamental na educação e na investigação, sublinhando a importância dos museus como instituições educativas dinâmicas, que promovem a aprendizagem, a descoberta e a compreensão cultural".

Anualmente, mais de 40 mil museus de todo o mundo participaram no Dia Internacional dos Museus, segundo o ICOM, organizando programações que envolvem, entre outras, visitas guiadas, lançamento de livros, recriações históricas e conferências.

Leia Também: Carlos Moedas assume pasta da Cultura na Câmara de Lisboa

Recomendados para si

;
Campo obrigatório