Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Câmara de Sabrosa vai gerir a Casa de Miguel Torga

A Câmara de Sabrosa, no distrito de Vila Real, vai gerir a Casa de Miguel Torga após um protocolo formalizado hoje com a Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN) que pretende tornar o espaço uma atração turística.

Câmara de Sabrosa vai gerir a Casa de Miguel Torga
Notícias ao Minuto

17:23 - 27/07/21 por Lusa

Cultura Vila Real

A casa onde nasceu o escritor Miguel Torga, em São Martinho de Anta, concelho de Sabrosa, está a ser musealizada e, segundo o protocolo, será implementado neste local um modelo de abertura ao público em estreita articulação e complementaridade com o Espaço Miguel Torga, com idêntico horário de funcionamento, a partir do dia seguinte à inauguração formal do espaço.

Miguel Torga, cujo nome de batismo era Adolfo Correia da Rocha, nasceu a 12 de agosto de 1907, em São Martinho de Anta, concelho de Sabrosa (Vila Real), e morreu a 17 de janeiro de 1995, em Coimbra.

Segundo a diretora regional de Cultura do Norte, Laura Castro, a partir do momento em que o projeto esteja concluído, a casa continuará a ser propriedade da DRCN, mas a sua gestão e programa cultural passa a estar dependente do Espaço Miguel Torga, gerido pela Câmara de Sabrosa, esperando que isso aconteça até ao final do ano.

"O que foi também protocolado é que a casa será um complemento ao Espaço Miguel Torga. Portanto, o programa cultural deste espaço [casa] passa a ter mais um elemento fundamental de divulgação da obra do escritor, da sua vida e da sua vivência", frisou.

Laura Castro salientou ainda que cabe à instituição que lidera terminar a instalação da casa segundo o programa museológico definido há alguns anos e acordado com a filha do escritor, Clara Crabbé Rocha.

"A obra está pronta. Falta apenas a museografia da casa e falta trabalhar o terreno em redor tal como estava previsto", salientou, em declarações aos jornalistas, Laura Castro, após a assinatura do protocolo com a autarquia de Sabrosa, cerimónia que decorreu no Espaço Miguel Torga, edifício projetado por Souto Moura que tem uma exposição permanente com objetos e outras representações do universo do escritor.

A diretora regional de Cultura do Norte adiantou ainda que foi trabalhado com a filha do escritor todo o programa que se pretende ter em exposição.

A casa onde nasceu o escritor é um edifício térreo, datado de 1950, e foi doado em 2014 pela filha do escritor à DRCN. A casa possui um 'hall', uma cozinha e sanitário, uma sala de estar e três quartos.

Já o presidente da Câmara de Sabrosa, Domingos Carvas, destacou que a casa passa "a ser um valor cultural acrescentado para o concelho e Espaço [Miguel Torga]".

Para o autarca de Sabrosa, "não fazia sentido a câmara e a DRCN terem um espaço cada, liderados por instituições diferentes".

Domingos Carvas referiu também que os dois locais, 'casa' e 'espaço' Miguel Torga, "convivem bem" e disse esperar que "quem visite um local acabe por visitar o outro".

"O grande objetivo é ter cá pessoas. Não é dizer apenas que temos mais um espaço cultura, temos que fazer com que o casamento entre eles seja atrativo para terceiros, para os turistas que nos visitam", realçou em declarações aos jornalistas.

O autarca lembrou ainda que o turismo cultural "vende" e que o concelho deve valorizar o que tem.

"Um pilar fundamental do desenvolvimento de um concelho, sobretudo do interior e de baixa densidade, não tenhamos dúvidas nenhumas que é a cultura. Costumo dizer que se a cultura é muito cara, quanto custará a ignorância? Penso que será muito mais cara que a cultura", acrescentou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório