Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Mais de 17 mil ligadas em sessão 'online" dos anos 80 em Viana do Castelo

Mais de 17 mil pessoas de pelo menos oito países estiveram ligadas, no domingo à tarde, durante três horas e meia, a uma sessão online que recriou as tardes dos anos 1980 numa antiga discoteca de Viana do Castelo.

Mais de 17 mil ligadas em sessão 'online" dos anos 80 em Viana do Castelo

"Só na primeira parte da transmissão que fiz a partir da minha página pessoal no Facebook o registo é de 17. 392 pessoas de países como a Suíça, Angola, Moçambique, Maláui, Espanha, França, Canadá, Andorra e claro muitos amigos e familiares em Viana do Castelo e no país", afirmou à Lusa José Gonçalves.

Zezé Gonçalves, nome pelo qual é conhecido, foi DJ entre 1989 e 1996, da discoteca Viana Sol, espaço de diversão noturna que que viria a fechar portas poucos anos depois.

No domingo, entre as 15:30 e as 19:00, animou uma sessão 'online', recriando, na garagem da sua casa na freguesia de Darque, na margem esquerda do rio Lima, uma matiné dos anos 80.

"Não estava à espera. Fiquei completamente surpreendido com a recetividade das pessoas. São sobretudo vianenses que estão espalhados pelo mundo a trabalhar e que se ligaram à matiné, na minha garagem, para recordar velhos tempos e ocupar o tempo livre de forma divertida", explicou.

Zezé Gonçalves lançou o desafio aos seguidores na rede social Facebook para partilharem, através de fotografias ou pequenos vídeos, a forma como cada um viveu, em suas casas, a matiné alusiva à década de 80.

"Ainda não tive tempo de ver com pormenor todos os registos que me enviaram de vários países, mas os poucos que consegui ver as pessoas divertiram-se ao máximo em casa. É fantástico. O objetivo era que as pessoas se divertissem e que pelo menos durante três horas e meia se esquecessem desta desgraça que nos está a acontecer", referiu.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 324 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 14.396 morreram

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, há 14 mortes e 1.600 infeções confirmadas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório