Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Mealhada cancela Festame, Catrapim, animação de verão e eventos

A edição 2020 da Festame, que deveria decorrer entre 06 e 14 de junho, foi cancelada, revelou hoje a Câmara da Mealhada, que cancelou ou adiou ainda todos os eventos artísticos previstos para os próximos meses.

Mealhada cancela Festame, Catrapim, animação de verão e eventos
Notícias ao Minuto

12:00 - 20/03/20 por Lusa

Cultura Covid-19

As cerimónias alusivas ao 25 de Abril e 1 de Maio, as cerimónias do Dia do Município e Romaria da Ascensão, o programa de animação de verão na Mealhada e no Luso, o Catrapim - Festival de Artes para Crianças e ainda todas as festas locais foram canceladas ou adiadas, até, pelo menos, final de junho.

"Atendendo ao facto de o registo de novos infetados por coronavírus estar diariamente a aumentar, segundo os dados oficiais da Direção Geral de Saúde, não nos restava outra alternativa que não fosse adiar todas estas atividades públicas, pelas razões que todos os portugueses infelizmente bem conhecem e garantidamente compreenderão", justifica, em comunicado, a Câmara da Mealhada.

A autarquia presidida por Rui Marqueiro invoca ainda o decreto de Estado de Emergência do Presidente da República para justificar as medidas.

A Festame é a maior mostra do município da Mealhada nas áreas da gastronomia, artesanato, agricultura, comércio, indústria e serviços, atraindo todos os anos milhares de visitantes.

É ainda apresentada como "o maior evento artístico realizado anualmente no concelho". Do cartaz de espetáculos para a edição de 2020 constavam as presenças de João Pedro Pais e Emanuel, mas a revelação dos grupos e artistas tinha sido reservada para abril.

A Câmara garante que garante que a Festame, a animação de verão na Mealhada e no Luso, a Romaria da Ascensão e o festival Catrapim irão regressar em 2021.

Portugal encontra-se em estado de emergência e, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), o número de casos confirmados na quinta-feira era de 785. O número de mortos no país subiu para quatro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório