Meteorologia

  • 22 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º
Finanças IMI Fisco enviou quatro milhões de notas...

Fisco enviou quatro milhões de notas de cobrança de IMI

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) enviou este ano mais de quatro milhões de notas de cobrança de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), das quais 60,7% correspondem a valores entre os 100 e os 500 euros.

Fisco enviou quatro milhões de notas de cobrança de IMI
Notícias ao Minuto

20:23 - 12/05/22 por Lusa

Casa IMI

Em resposta à Lusa, fonte oficial da AT indicou que nas 4.009.718 notas de cobrança de IMI enviadas (para o imposto relativo a 2021), há 895.969 de valor inferior a 100 euros e por isso de pagamento único, durante o mês de maio; 2.434.314 de valor superior ou igual a 100 euros e inferior a 500 euros; e 679.435 acima de 500 euros.

Estes valores são relevantes porque determinam o número de prestações de que cada proprietário dispõe para pagar o IMI -- que incide sobre os prédios urbanos (edificado) e terrenos para construção e prédios rústicos.

Assim, o valor do IMI é desdobrado em duas ou três prestações quando supera os 100 ou os 500 euros, respetivamente, sendo estas pagas em maio e novembro ou em maio, agosto e novembro.

As regras em vigor desde 2019 permitem, porém, que um contribuinte com uma conta superior a 100 euros possa pagar a totalidade do imposto em maio, prescindindo do sistema de prestações.

No ano passado houve 559.761 proprietários que optaram pelo pagamento integral em maio.

De acordo com as estatísticas da AT, a receita do IMI ascendeu no ano passado a 1.503 milhões de euros. Nesse ano foram enviadas um total de 4.031.117 notas de cobrança, entre as quais se incluíam 2.431.731 entre os 100 e os 500 euros e 678.726 acima dos 500 euros.

Leia Também: Taxa agravada de IMI para quem tem sede em offshores chegou a 234 imóveis

Campo obrigatório