Meteorologia

  • 16 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º
Imobiliário Habitação Engel & Völkers Portugal fecha 2021 ...

Engel & Völkers Portugal fecha 2021 com volume de negócios de 168 milhões

No ano passado, a consultora imobiliária Engel & Völkers registou "o maior volume de negócios de sempre em Portugal", batendo assim o recorde de 107 milhões de euros registado em 2019, revela comunicado hoje divulgado.

Juan-Galo Macià -

CEO da Engel & Völkers para Espanha, Portugal e Andorra.

Em 2021, a consultora imobiliária Engel & Völkers registou "o maior volume de negócios de sempre em Portugal" ultrapassando os 168 milhões de euros, com subida de 75% no valor global das transações. A multinacional alemã bate assim o recorde de 107 milhões de euros registado em 2019, pode ler-se em nota enviada aos jornalistas.

O preço médio das propriedades vendidas ascendeu os 510 mil euros, registando uma subida de 8,6% face ao ano anterior. Por sua vez, o volume de arrendamento registou também um aumento acentuado, na ordem dos 78%, o que equivale a um valor próximos dos 1,9 milhões de euros.

“No último ano, assistimos a uma forte recuperação da procura por imóveis de qualidade, não só nas grandes áreas urbanas, mas principalmente no litoral e no interior do país. Acreditamos muito no potencial do mercado português e temos vindo a investir significativamente na formação dos consultores, no desenvolvimento tecnológico e no crescimento da rede de franchisados nas zonas 'premium' do país”, referiu Juan-Galo Macià, CEO da Engel & Völkers para Espanha, Portugal e Andorra.

Paralelamente, a consultora indica ainda que foi sentida “uma grande procura de imóveis de qualidade não só nos centros urbanos como também na costa e no interior", sendo "por isso, o nosso objetivo é também aumentar a carteira de imóveis. Em Portugal, por exemplo, para as 2.332 propriedades ativas temos 32.500 clientes que procuram a melhor oportunidade, o que dá uma média de aproximadamente 14 clientes por propriedade”, acrescenta o responsável.

Para este ano, “dada a grande procura existente só em Lisboa, onde contamos com 78 consultores, o objetivo é duplicar o seu número para poder garantir um melhor serviço e cumprir as expectativas dos nossos clientes”, finaliza.

Grupo Engel & Völkers também registou "o melhor ano de sempre a nível mundial"

O Grupo Engel & Völkers aumentou as suas receitas de comissões globais em 2021 em cerca de 39%, para 1,27 mil milhões de euros, "marcando o ano com o melhor desempenho de sempre na história da marca", faz ainda sobressair o mesmo documento.

A empresa intermediou propriedades no valor de aproximadamente 40 mil milhões de euros, prosseguindo a sua tendência de crescimento. "2021 foi um ano recorde para a Engel & Völkers, graças à elevada e contínua procura de bens imobiliários e à implementação consistente da nossa estratégia empresarial", refere Sven Odia, CEO do Grupo Engel & Völkers.

Leia Também: Abertas as inscrições para os Prémios SIL do Imobiliário 2022

Campo obrigatório