Meteorologia

  • 26 MAIO 2022
Tempo
29º
MIN 16º MÁX 32º
Lar Conselhos Casa termicamente confortável todo o...

Casa termicamente confortável todo o ano? Três dicas que podem ajudar

Apesar de janeiro ser associado às temperaturas baixas, o impacto das mudanças climáticas faz-se sentir todo o ano e "conseguir manter o bem-estar em casa, em dias de frio e de calor, torna-se cada vez mais necessário." Conheça algumas dicas para manter a habitação com uma temperatura confortável o ano inteiro.

Casa termicamente confortável todo o ano? Três dicas que podem ajudar

A verdade é que, com o regresso do frio, as famílias portuguesas tendem a procurar maior conforto térmico. No entanto, um em cada dez portugueses vive numa casa termicamente “desconfortável”, segundo revelou um estudo do Portal de Construção Sustentável (PCS), sendo que um dos principais motivos para que as famílias portuguesas não consigam manter a sua habitação aquecida passa pela falta de isolamento térmico, revelou hoje Aline Guerreiro, CEO do Portal de Construção Sustentável (PCS), em entrevista à SIC Notícias.

Mas apesar de janeiro ser associado às temperaturas baixas, acrescenta a GesConsult, o impacto das mudanças climáticas faz-se sentir todo o ano e "conseguir manter o bem-estar em casa, em dias de frio e de calor, torna-se cada vez mais necessário", pode ler-se em nota enviada às redações.

Com isso em mente, a empresa especializada na gestão e fiscalização de obras, reuniu algumas estratégias para manter a habitação com uma temperatura confortável o ano inteiro. Ora veja.

Optar por janelas eficientes

"Se a temperatura dentro de casa nunca é ideal, o problema pode estar nas janelas", começa por salientar a GesConsult. Por isso, saiba que é importante garantir que estas tenham uma resistência térmica adequada, "sem grandes perdas de calor, para que consiga manter a casa quente, sem gastar muita energia."

Apostar na climatização de alto rendimento

Para quem procura uma solução energeticamente eficiente e que melhore a qualidade de vida em casa, "existem sistemas de climatização e de ventilação de desempenho elevado que permitem poupar na fatura final do mês, mantendo a habitação sempre termicamente confortável."

Investir em isolamento térmico

Por fim, a empresa faz sobressair que esta é uma opção para quem quer garantir poupança a longo-prazo. Uma solução que passa por "isolar as paredes, chão e mesmo os tetos permitirá atingir um estado de eficiência energética, com temperaturas estáveis e pouco impacto na carteira."

Leia Também: Frio em casa? "Falta de isolamento é um dos principais problemas"

Campo obrigatório