Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º
Imobiliário Construção Porto. Edifício Infante vence mais u...

Porto. Edifício Infante vence mais um prémio internacional de arquitetura

O projeto Infante, da autoria do Atelier Meireles Arquitetos, foi o grande vencedor dos ArchFrame Design Awards 2021, na categoria Restauração – Renovação. Esta é a quinta distinção que este edifício obteve até agora.

projeto Infante, da autoria do Atelier Meireles Arquitetos -

O edifício Infante é um projeto de reabilitação localizado no número 45 da rua do Infante Dom Henrique, na zona histórica da cidade Invicta, classificada como Património Mundial pela Unesco.

Desenhado pela mão do atelier Meireles Arquitetos, o projeto de arquitetura do edifício Infante, situado no Porto,  foi o grande vencedor dos ArchFrame Design Awards 2021, na categoria Restauração – Renovação, revela a organização na sua página oficial. Esta é a quinta distinção que este edifício obteve até agora.

Este projeto já recebeu quatro galardões, além deste último, recorde-se. Em abril do ano passado, venceu o 'MUSE Design Awards', em maio foi distinguido nos 'Prémios Lusófonos de Arquitectura', em junho arrecadou um prémio no 'Urban Design & Architecture Design Awards' e em novembro foi distinguido no concurso internacional 'Architecture MasterPrize 2021' com uma menção honrosa

Note que o edifício Infante é um projeto de reabilitação localizado no número 45 da rua do Infante Dom Henrique, na zona histórica da cidade Invicta, classificada como Património Mundial pela Unesco.

Para Mário Miguel Meireles, fundador do atelier e lead architect do projeto, "a maior preocupação foi respeitar ao máximo não só os requisitos do programa arquitetónico da área, classificada como Património Mundial pela Unesco, mas também as características arquitetónicas dos dois edifícios que resultaram numa habitação multifamiliar."

De realçar que o Archframe Design Awards é um dos concursos mais prestigiados do mundo para arquitetos e designers, que tem como objetivo reconhecer ideias que redefinem o design da arquitetura através da implementação de novas tecnologias, materiais, programas, estética, e organizações espaciais, assim como estudos sobre globalização, flexibilidade, adaptabilidade e a revolução digital.

Leia Também: Biblioteca de Grândola é finalista do Prémio Nacional do Imobiliário 2022

Campo obrigatório