Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Imobiliário Habitação Europa. Segmento 'multifamily' repre...

Europa. Segmento 'multifamily' representa 23% do investimento imobiliário

Em países como Espanha, Suécia, Alemanha e Dinamarca, este segmento ultrapassou a fasquia dos 30% do total de investimentos imobiliários, sendo que na Finlândia essa representatividade chegou a atingir os 42%. Já "em Portugal, contabilizou-se mais de 1.400 fogos."

Europa. Segmento 'multifamily' representa 23% do investimento imobiliário

No final da primeira metade do ano, o segmento 'multifamily' conseguiu captar um volume de investimento imobiliário de 24,1 mil milhões de euros, representando 23% do total realizado em 12 países europeus. De acordo com a análise da consultora imobiliária Savills, enviada em comunicado aos jornalistas, nos últimos cinco anos, o 'multifamily' conseguiu captar uma média de 16% do volume total.

Segundo o mesmo estudo, o aumento da representação deste segmento no mercado imobiliário explica-se pela estabilidade e segurança transmitidas aos investidores, revela a consultora imobiliária internacional, que destaca as características defensivas do setor como elemento fundamental para captação de investimento, com especial foco sobre a área residencial.

Em países como Espanha, Suécia, Alemanha e Dinamarca, o segmento ultrapassou a fasquia dos 30% do total de investimentos imobiliários, sendo que na Finlândia essa representatividade chegou a atingir os 42%.

Já "em Portugal, a Savills contabilizou mais de 1.400 fogos, em projetos confirmados, integrados em projetos BTR que irão incrementar a oferta para arrendamento no concelho de Lisboa, até à data", revela Alexandra Gomes, Head of Research da Savills Portugal.

Embora o segmento de escritórios tenha sido o mais procurado nos primeiros seis meses do ano, com um volume de investimento de 29,3 mil milhões de euros (28%), a crescente competição observada no 'multifamily' tem feito comprimir as yields do segmento, lê-se no documento.

Marcus Roberts, Operational Capital Market’s head of Europe da Savills, afirma que, em 2020, as prime yields atingiram os níveis mais baixos dos últimos anos, com uma média de 3,2% a nível europeu. Contudo, as yields ainda mantêm atrativo o investimento em 'multifamily', comparativamente à média registada entre 2012 e 2021.

A subida da procura pelo arrendamento e a escassez da oferta estão a fazer subir os valores das rendas na Europa, explica Eri Mitsostergiou, Head of European Research da Savills. No entanto, a consultora imobiliária prevê um crescimento da realização de novos projetos, de forma a dar resposta à procura no segmento 'multifamily'.

Leia Também: Está à procura de casa? Há um novo portal imobiliário no mercado

Campo obrigatório