Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 6º MÁX 18º

Edição

Finanças Crédito à habitação Banca já deu cerca de 7.178 milhões ...

Banca já deu cerca de 7.178 milhões de euros para o crédito da casa

De acordo com os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal, pode-se concluir que os bancos já disponibilizaram mais de 7 milhões de euros às famílias para o crédito da casa. Na primeira metade deste ano, totalizou-se cerca de 7.178 milhões de euros nos volumes de novas operações de empréstimos para habitação.

Banca já deu cerca de 7.178 milhões de euros para o crédito da casa

Até junho de 2021, a banca já disponibilizou mais de 7 milhões de euros para o crédito da casa. Somando os dados hoje divulgados do Banco de Portugal, aos disponibilizados nos meses anteriores, pode-se concluir que, nos primeiros seis meses deste ano, os bancos já deram cerca de 7.178 milhões de euros às famílias portuguesas para o crédito à habitação.

Segundo os mesmos dados, depois de terem concedido 1.314 milhões de euros, em maio, em junho deste ano, os volumes de novas operações de empréstimos para habitação totalizaram 1.295 milhões de euros.

Em abril de 2021, os volumes de novas operações de empréstimos para habitação, consumo e outros fins totalizaram 1.220 milhões.

Por sua vez, em março, os volumes de novas operações de empréstimos para habitação totalizaram 1.382 milhões, sendo este o valor mais elevado desde janeiro de 2008, recorde-se.

Em fevereiro, os volumes de novas operações de empréstimos para habitação registaram um aumento para 999 milhões de euros, acima dos 919 milhões homólogos, em fevereiro de 2021, indicou o BdP, na altura.

Já no primeiro mês do ano, em janeiro, os volumes de novas operações de empréstimos para habitação totalizaram 968 milhões de euros.

Contas feitas, chega-se à conclusão que os bancos deram 7.178 milhões de euros nos volumes de novas operações de empréstimos para habitação, na primeira metade de 2021.

Ao analisar os dados divulgados pelo BdP, nos primeiros seis meses deste ano, concluiu-se que o mês de junho foi o quarto mês consecutivo em que os empréstimos para a compra de casa ficaram acima dos mil milhões de euros.

Leia Também: Juro dos novos empréstimos a sociedades não financeiras sobe em junho

Campo obrigatório