Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 26º

Edição

Finanças IMI Coimbra atribui 1% do IMI para as 18...

Coimbra atribui 1% do IMI para as 18 Juntas e Uniões de Freguesias

A Câmara Municipal de Coimbra reforçou o auxilio às freguesias num apoio global superior a 670 mil euros. Este apoio camarário corresponde à transferência de 1% do valor do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a um subsídio de apoio ao funcionamento para as freguesias que aceitaram as transferências de competências.

Coimbra atribui 1% do IMI para as 18 Juntas e Uniões de Freguesias

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, formalizou contratos de apoio financeiro com as Juntas e Uniões de Freguesias do concelho, num investimento superior a 670 mil euros. De acordo com a plataforma Notícias de Coimbra, que avança com a notícia, este apoio camarário corresponde à transferência de 1% do valor do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para as 18 Juntas e Uniões de Freguesias e a um subsídio de apoio ao funcionamento para as freguesias que aceitaram as transferências de competências.

Segundo a plataforma de conteúdos generalistas, este ano, o investimento global foi reforçado em mais de 9 milhões de euros, um crescimento de mais de 2 milhões de euros comparativamente com 2020.

O apoio às freguesias continua a ser uma forte aposta deste executivo municipal, que pretende garantir que prestem um serviço de qualidade à população, através de uma utilização dos recursos disponibilizados, lê-se no artigo.

Após uma sessão da Assembleia Municipal, o presidente da CM Coimbra, Manuel Machado, formalizou com os presidentes das Juntas e Uniões de Freguesias do concelho contratos de apoio financeiro.

Esta ajuda inclui a atribuição de um subsídio de apoio ao funcionamento às Juntas e Uniões de Freguesias do concelho que já aceitaram as transferências de competências, no valor global de 424.786,32 euros, e de transferência de 1% do valor do IMI para as 18 Juntas e Uniões de Freguesias, no valor global de 245.641,50 euros, o que corresponde a uma verba de 13.646,75 euros a cada.

De realçar que ao mesmo tempo que a CM Coimbra tem vindo a reforçar o apoio às freguesias, tem vindo também a reduzir os impostos para as famílias conimbricenses.

De acordo com o Notícias de Coimbra, desde 2013, a autarquia liderada por Manuel Machado tem vindo a reduzir progressivamente a taxa de IMI. 

Uma vez que foi igualmente aprovado manter a taxa mínima de IMI legalmente permitida aos municípios nos anos de 2020 e 2021, é expectável que até ao final deste ano a Câmara de  Coimbra tenha criado uma poupança que pode ascender a 80 milhões de euros.

Leia Também: Quais foram os municípios que arrecadaram mais IMI?

Campo obrigatório