Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Finanças IMI Quais foram os municípios que arreca...

Quais foram os municípios que arrecadaram mais IMI?

De acordo com os dados disponibilizados pela PORDATA, que reportam a 2019, o primeiro lugar dos municípios que arrecadam mais IMI é ocupado por Castro Marim. A autarquia recebeu 488,50 euros de imposto per capita. No último lugar da tabela está Vila Pouca de Aguiar a receber cerca de 30,9 euros de imposto.

Quais foram os municípios que arrecadaram mais IMI?

Ao olhar para as estatísticas da PORDATA, que reportam a 2019, torna-se evidente que os municípios que arrecadam mais Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) concentram-se nas regiões mais a sul do país, pois quanto mais próximo do sul, maior é o imposto cobrado pelos municípios. À exceção do Alentejo que o IMI fica a níveis idênticos ao da Zona Norte.

De acordo com os dados disponibilizados pela base de estatística, o primeiro lugar dos municípios que arrecadam mais IMI é ocupado por Castro Marim. Em 2019, a autarquia recebeu 488,50 euros de imposto per capita. Em segundo lugar do ranking segue-se o município de Albufeira (453,10 euros) e em terceiro o de Vila Real de Santo António (437,50 euros).

Do lado oposto da tabela, Vila Pouca de Aguiar está em último lugar dos municípios que arrecadam mais IMI, a receber cerca de 30,9 euros de imposto, informa a PORDATA. Seguem os municípios do Corvo e Ribeira de Pena como os que cobraram um imposto menor. Estas autarquias cobraram em 2019, respetivamente, 30,90 euros, 34 euros e 38,40 euros de IMI por habitante. 

Segundo os mesmos dados, há dois anos, o IMI médio pago por cada pessoa era de 144,80 euros, mas, entre regiões, os valores são diferem. Em Portugal Continental, o Alentejo é a zona onde se paga menos para viver, cerca de 114,40 euros, seguido de perto pela zona Norte onde os valores se situam nos 118,40 euros.

Contudo, a zona mais barata de Portugal foi a Região Autónoma dos Açores, com uma média de 88,40 euros de IMI cobrado pelos municípios a cada habitante em 2019.

Ainda assim, de acordo com a PORDATA, a região do Algarve foi a campeã, com um registo médio de 327,70 euros anuais por habitante. A região metropolitana de Lisboa surge num segundo lugar afastado, com 172 euros per capita. O terceiro lugar é ocupado pela região centro, onde cada habitante pagou em média 135,10 euros por ano, de IMI.

Leia Também: Quase um quinto dos contribuintes pagou em maio a totalidade do IMI

Campo obrigatório