Meteorologia

  • 20 JUNHO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Imobiliário Escritórios Espaços coworking criam novas oportu...

Espaços coworking criam novas oportunidades de negócio para hotéis

Ao tradicional conceito de alojamento, lazer e descanso do setor hoteleiro junta-se agora os espaços de trabalho híbrido, onde as áreas comuns dos hotéis serão reaproveitadas e utilizadas como zonas de coworking.

Espaços coworking criam novas oportunidades de negócio para hotéis

A pandemia acelerou a transformação de todos os setores do ramo imobiliário, no contexto global, e a hotelaria não fugiu à regra. Ao conceito tradicional de alojamento, lazer e descanso conhecido dos hotéis, junta-se agora os espaços de trabalho híbrido, que irá nascer do aproveitamento das zonas comuns para serem utilizadas como espaços de coworking. A notícia é adiantada pelo Observatorio Inmobiliario, jornal espanhol especializado no setor imobiliário.

As salas de reuniões e eventos já são comuns em hotéis, agora, a novidade são os espaços híbridos, que podem ser facilmente configurados para atender múltiplos requisitos e necessidades implícitas no trabalho remoto.

“Na Actiu queremos enriquecer a utilização da hotelaria, tanto do ponto de vista do lazer como do trabalho. Trata-se de reinventar estes espaços, dando-lhes design, funcionalidade e segurança, para os tornar mais amigáveis e incorporados de novos usos”, afirma Soledat Berbegal, diretora da Actiu, em declarações ao Observatorio Inmobiliario. 

De acordo com um estudo elaborado pela empresa, sobre o uso e as potencialidades dos espaços híbridos, os inquiridos apontam que os ambientes que serão fundamentais no futuro serão os escritórios com novos usos (65,6%), seguidos dos coworkings (51,2%), hotéis (39,5%), cafetarias e restaurantes (36,2%), estações de transporte (20,4%) e lojas ou centros comerciais (6,9%).

Hotéis preparados para o retorno do público

Dada a proximidade das férias de verão e da época alta do setor hoteleiro, e depois de mais de um ano de dificuldades, causado pela Covid-19, prevê-se que os hotéis irão garantir serviços de conectividade que possibilitarão trabalhar, realizar videoconferências, supervisionar um projeto, entre outros, com todas as condições necessárias.

Da mesma forma, poderão vir a oferecer espaços específicos que proporcionem privacidade, conforto e bem-estar, com um design e mobiliário que facilite o teletrabalho.

“O trabalho remoto também vai mudar o modo de vida porque cada vez mais pessoas vão combinar fórmulas de lazer e trabalho conjunto”, afirma Berbegal, acrescentando que “por isso os hotéis irão tornar-se lugares perfeitos para (o cidadão) se desconectar, mas também para trabalhar e colaborar.”

Leia Também: Espaço coworking: Edifício Transparente no Porto vai ter um novo uso

Campo obrigatório