Meteorologia

  • 17 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 16º MÁX 25º

Rival da Uber adia regresso ao escritório para 2023

A Lyft quer dar aos trabalhadores opção de escolha.

Rival da Uber adia regresso ao escritório para 2023
Notícias ao Minuto

09:01 - 09/12/21 por Miguel Patinha Dias

Tech Lyft

Uma das principais rivais da Uber, a Lyft, anunciou que só exigirá aos trabalhadores que regressem aos escritórios da empresa em 2023. Assim, fica confirmado que estes trabalhadores terão mais um ano de trabalho remoto pela frente.

Ao invés de apontar a pandemia e a nova variante da Covid-19 como motivo, a Lyft fez saber que a decisão está mais relacionada com o desejo de “flexibilidade” dos trabalhadores. De notar que, quem quiser trabalhar a partir dos escritórios da Lyft, poderá fazê-lo a partir de fevereiro de 2022.

“Ouvimos dos nossos membros de equipa que valorizam uma flexibilidade continuada para determinar onde trabalham e que beneficiariam de mais tempo de planeamento. Queremos dar uma escolha para todos no próximo ano”, adiantou a porta-voz da Lyft de acordo com a CNN.

Leia Também: Uber e Lyft obrigadas a transição para carros elétricos na Califórnia

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório