Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

'Fortnite'. Investigação denuncia semanas com 100 horas de trabalho

Colaboradores decidiram manter-se anónimos com medo de represálias.

'Fortnite'. Investigação denuncia semanas com 100 horas de trabalho

‘Fortnite’ continua a ser a grande sensação da indústria dos videojogos. Jogado por milhões de pessoas em todo o mundo nas mais diversas plataformas (PC, consolas ou smartphones), o jogo ‘battle royale’ elevou a popularidade da produtora Epic Games para níveis inéditos. O sucesso de ‘Fortnite’ permitiu até que fosse lançada a Epic Games Store, uma loja online que está (lentamente) a transformar-se na primeira rival da gigante Steam.

Porém, nem tudo são rosas e uma investigação levada a cabo pelo site Polygon mostra as condições de trabalho de muitos dos colaboradores da Epic Games que trabalham em ‘Fortnite’. Enquanto alguns dizem trabalhar 70 horas por semana, alguns são capazes de chegar às 100 horas semanais. Mais do dobro do que é suposto.

Não é caso único que existam momentos mais tensos no desenvolvimento de um projeto. Na fase final, por exemplo, é visto com naturalidade que se façam algumas horas extra para ‘limar arestas’. No entanto, e uma vez que ‘Fortnite’ é um jogo em constante mutação e atualização, há sempre necessidade de fazer alguma coisa que ajude o jogo online a distanciar-se do crescente número de concorrentes (‘Apex Legends’ por exemplo).

Os colaboradores que falaram com o Polygon anonimamente admitem que a Epic Games concede tempo descanso ilimitado, o qual não é aproveitado porque a carga de trabalho acabaria por ser atribuída a um colega. Cria-se assim um sentimento de culpa entre os colaboradores da Epic Games que, tendo sempre trabalho para fazer, acabam por não sair da mesa de trabalho.

Não obstante, são também contadas histórias de colaboradores que, por não estarem dispostos a sacrificar sábados e domingos, foram despedidos pela Epic Games. Por outro lado, os que estão dispostos a trabalhar fins-de-semana são recompensados a nível de salário ou fazem-no com esperança de ter uma promoção. “[Carga de trabalho] está a matar pessoas”, afirma um colaborador da Epic Games.

Se é um apreciadores de videojogos e tem visto com interesse a ascensão de ‘Fortnite’ esta investigação do Polygon é leitura recomendada.

Leia mais: 'Fortnite' terá evento especial com 'Avengers'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório