Meteorologia

  • 06 MARçO 2021
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

Lista histórica entregue, Bloco volta a desafiar restante Esquerda

A lista do Bloco candidata às eleições autárquicas do presente ano já foi entregue e conta com os partidos Livre e MAS.

Lista histórica entregue, Bloco volta a desafiar restante Esquerda
Notícias ao Minuto

08:40 - 04/08/17 por Inês André de Figueiredo 

Política Fabian Figueiredo

A lista do Bloco de Esquerda candidata à Câmara Municipal de Loures, em que estão integrados candidatos do Movimento de Alternativa Socialista (MAS) e do Partido Livre, já foi entregue ao tribunal local, esta quinta-feira, e Fabian Figueiredo fala de uma “convergência alargada à Esquerda que ultrapassa as fronteiras dos vários partidos”.

“O Bloco apresenta-se no concelho de Loures com uma candidatura à Esquerda que junta dezenas de cidadãos independentes que não têm nem nunca tiveram nenhuma filiação partidária e para muitos esta é a sua primeira experiência cívica ativa no quadro das eleições autárquicas”, afirma em declarações ao Notícias ao Minuto.

A “convergência” de que o bloquista fala é vista como um “sinal importante para o concelho e para o país de que é possível o diálogo à Esquerda para construir um programa e uma alternativa governativa que tente responder às principais exigências do concelho”.

Com o intuito de “somar e não subtrair”, o candidato garante que esta candidatura “não é contra ninguém, mas sim a favor das pessoas, da inclusão social, do combate à pobreza, a favor do emprego para os jovens, da habitação, com um programa cultural e desportivo que preencha as necessidades dos cidadãos”.

Porém, e apesar desta convergência com o Livre e o MAS, Fabian Figueiredo volta a insistir no repto lançado a PS e CDU, propondo a não existência de qualquer acordo com o PSD em termos executivos. “É um desafio urgente e uma pergunta à qual o PS e a CDU têm fugido que é se queremos ou não dar um sinal claro e dizer que a Direita no concelho de Loures precisa de uma cura de oposição e não deve fazer parte dos executivos camarários e da junta de freguesia”.

“O Bloco de Esquerda não está disponível para participar em nenhum executivo onde esteja o PSD nem convidaremos o PSD para fazer parte de nenhum executivo. Isso é um sinal que toda a Esquerda devia dar em nome da democracia, do respeito pelo Estado de Direito, da pluralidade democrática e em nome da tradição democrática na Esquerda. Em Loures, a CDU e o PS não têm dado [essa resposta] e necessitam de dar, é um repto que iremos fazer ao longo de toda a campanha até que a resposta seja clara”, esclarece o candidato bloquista.

Esta posição de força surge na sequência da polémica em torno do candidato social-democrata a Loures, André Ventura, desencadeada por uma entrevista que o mesmo concedeu ao Notícias ao Minuto e que lançou um debate nacional sobre minorias étnicas, sobretudo no que à comunidade cigana diz respeito, e xenofobia. 

Por sua vez, a entrevista completa do Notícias ao Minutoa a Fabian Figueiredo no âmbito da candidatura à Câmara Municipal de Loures pode ser vista aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório