Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
32º
MIN 17º MÁX 33º

Passos "em guerra" com números "inconvenientes para o Governo"

Para Pedro Silva Pereira, Passos Coelho está revoltado com os dados do INE que o colocam numa situação complicada para as eleições legislativas, dado que não cumpriu o que prometera.

Passos "em guerra" com números "inconvenientes para o Governo"
Notícias ao Minuto

11:39 - 10/04/15 por Notícias Ao Minuto

Política Silva Pereira

O Governo queria, no final do seu mandato, reduzir a taxa de desemprego que existia em 2011. O INE revelou, porém, que a taxa aumentou de “12,1% para 14,1%”. Uma notícia que o primeiro-ministro não gostou, diz o socialista Pedro Pereira Silva, e que está a tentar desculpar acusando o INE de ter feito mal as contas.

O motivo? As contas não beneficiam a propaganda do PSD em ano de eleições. “Passos Coelho não se conforma com a verdade dos números”, escreve o ex-governante na sua crónica desta sexta-feira no Diário Económico.

Como “Passos não se conforma com a verdade dos números”, “entrou numa estranha guerra contra a autoridade estatística nacional”. Algo que constitui um “péssimo serviço que Passos presta ao interesse nacional”, dado que “atinge injustamente credibilidade de uma das principais instituições de referência para o reforço da confiança do País”.

Com menos 449 mil empregos que no 2.º trimestre de 2011 “ao tempo do fim do último, e malvado, Governo socialista”, ironiza, os dados provam que a austeridade de Passos foi “absurda”.

O “azedume” de Passos, remata Pedro Silva Pereira, tem a ver com o facto destes dados serem “inconvenientes para a propaganda do Governo”.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório