Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 22º

"Temos 21 deputados nos quais alguns não contam para nada"

O antigo ministro socialista Capoulas Santos considerou hoje que apesar de Portugal eleger 21 eurodeputados, só socialistas, liberais e Partido Popular Europeu (PPE) têm influência nas decisões do Parlamento Europeu.

"Temos 21 deputados nos quais alguns não contam para nada"
Notícias ao Minuto

17:54 - 30/05/24 por Lusa

Política Europeias

"Nós vamos ter 21 deputados, nos quais alguns não contam para nada. Porque sejamos sinceros, quem tem influência nas decisões que saem do Parlamento é o PPE, são os socialistas, são os liberais", destacou.

Capoulas Santos falava no Encontro "impactos da Europa no território e os novos desafios", que decorreu esta tarde em Évora, e contou com a participação da cabeça de lista do PS às eleições europeias, Marta Temido, e ainda do eurodeputado Carlos Zorrinho.

No seu entender, os deputados da extrema direita e da extrema esquerda que vão ser eleitos "não servem para nada".

"Servem para protestar, por exemplo. Portanto, nós não temos 21 deputados com poder de decisão", acrescentou.

Ao longo da sua intervenção, o antigo ministro assinalou que nesta campanha para as europeias, que já vai no quarto dia, têm-se ouvido muitos "bitaites demagógicos", que "revelam uma enorme ignorância" sobre o papel que os portugueses têm no Parlamento Europeu.

À candidata a eurodeputada deixou o conselho de como pode vir a influenciar uma decisão, a tomar no Parlamento Europeu.

"Não é gritar alto, não é fazer proclamações. É trabalhar muito, ser credível, respeitado, conseguir obter relatórios e ter capacidade de os negociar", sustentou.

[Notícia atualizada às 18h13]

Leia Também: AO MINUTO: AD faz "campanha sem medo"; "Picardias distraem", defende IL

Recomendados para si

;
Campo obrigatório