Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 24º

AO MINUTO: Cotrim vê "apenas cifrões"; PS "tem dívida de verdade"

Acompanhe AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos nas diferentes campanhas eleitorais para as Eleições Europeias de 9 de junho.

AO MINUTO: Cotrim vê "apenas cifrões"; PS "tem dívida de verdade"
Notícias ao Minuto

12:02 - 30/05/24 por Notícias ao Minuto

ao minuto Ao Minuto Política Eleições Europeias

Realizou-se, esta quinta-feira, mais uma dia de campanha eleitoral, protagonizado pelas estruturas políticas que querem conquistar um lugar no Parlamento Europeu nas próximas eleições de 9 de junho.

Enquanto o cabeça de lista da AD, Sebastião Bugalho, esteve em campanha nos distritos de Coimbra, Castelo Branco e Guarda, Marta Temido, do PS, passou pelos distritos de Beja e Évora

Tânger Corrêa, cabeça de lista do Chega, passa por Portalegre e Cotrim de Figueiredo, da IL, esteve em Viana do Castelo e do Porto.

A candidata do BE, Catarina Martins, teve ações de campanha nos distritos de Santarém e de Coimbra, enquanto João Oliveira, da CDU, passou por Beja e Setúbal.

Francisco Paupério, do Livre, também marcou presença em Coimbra e Porto, distrito onde o cabeça de lista do PAN, Paulo Fidalgo Marques, esteve em campanha. 

Cerca de 373 milhões de eleitores europeus são chamados a votar para o Parlamento Europeu entre 6 e 9 de junho. Em Portugal, a votação é no dia 9.

Fim de cobertura

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 semanas

Boa noite! Fechamos aqui o nosso acompanhamento AO MINUTO sobre o quarto dia de campanha para as Eleições Europeias.

Obrigada por ter estado desse lado.

Ventura apoia reconfiguração dos grupos políticos europeus à Direita

Lusa | há 3 semanas

O presidente do Chega, André Ventura, mostrou-se hoje favorável a uma reconfiguração da extrema-direita no Parlamento Europeu, nomeadamente com a fusão dos grupos Identidade e Democracia e Conservadores e Reformistas Europeus.

Nós não nos oporemos a que haja uma reconfiguração destes grupos, mas esse não é um tema para agora porque neste momento nós não sabemos. Sabemos que há ou poderão existir conversas, mas Itália e França não definiram sozinhas estes grupos. Portugal terá um papel a dizer, a Holanda terá um papel a dizer, a Alemanha poderá ou não ter um papel a dizer e a desempenhar", assinalou.

O líder do Chega falava aos jornalistas antes de uma arruada em Elvas, distrito de Portalegre, ao lado do cabeça de lista do partido às eleições europeias, e foi questionado sobre o apelo de Viktor Órban, líder do partido húngaro Fidesz, para que Marine Le Pen e Giorgia Meloni trabalhem em conjunto formar "um único grupo ou coligação, para serem uma força na Europa". A francesa integra o grupo político Identidade e Democracia (ID), onde o Chega se insere, e a italiana o Conservadores e Reformistas Europeus (ECR).

João Oliveira acusa Cotrim de olhar para pessoas "vendo apenas cifrões"

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista da CDU às eleições europeias acusou hoje Cotrim Figueiredo de olhar para as pessoas "vendo apenas cifrões" e defendeu que o ex-eurodeputado socialista Capoulas Santos tem "peso na consciência" pelo que fez em Bruxelas.

João Oliveira acusa Cotrim de olhar para pessoas

João Oliveira acusa Cotrim de olhar para pessoas "vendo apenas cifrões"

O cabeça de lista da CDU às eleições europeias acusou hoje Cotrim Figueiredo de olhar para as pessoas "vendo apenas cifrões" e defendeu que o ex-eurodeputado socialista Capoulas Santos tem "peso na consciência" pelo que fez em Bruxelas.

Lusa | 23:19 - 30/05/2024

Bugalho desafia PS a decidir o que quer dizer aos democratas portugueses

Lusa | há 3 semanas

O candidato da AD às eleições europeias desafiou hoje o PS a decidir o que quer dizer aos democratas portugueses, apontando contradições entre António Costa, Pedro Nuno Santos e Francisco Assis.

Ao intervir num comício da Guarda, Sebastião Bugalho disse que "o PS tem um compromisso e uma dívida de verdade" para com os democratas, "sejam eles de esquerda ou de direita, de centro direita ou centro esquerda".

Bugalho desafia PS a decidir o que quer dizer aos democratas portugueses

Bugalho desafia PS a decidir o que quer dizer aos democratas portugueses

O candidato da AD às eleições europeias desafiou hoje o PS a decidir o que quer dizer aos democratas portugueses, apontando contradições entre António Costa, Pedro Nuno Santos e Francisco Assis.

Lusa | 23:03 - 30/05/2024

Cotrim de Figueiredo diz que é "fácil marcar golos aos adversários"

Lusa | há 3 semanas

Depois da capital, o candidato da Iniciativa Liberal às europeias entrou novamente hoje em campo no Norte onde encontrou as balizas abertas para "fazer golos fáceis aos adversários".

"Olhamos para as campanhas e todas elas são pouco otimistas, pouco confiantes. Eu acho que só a Iniciativa Liberal está a transmitir confiança e otimismo", considerou João Cotrim de Figueiredo, no final do já habitual jogo de voleibol na praia de Matosinhos, no distrito do Porto.

Candidato dos Socialistas Europeus em comício do PS sábado no Porto

Lusa | há 3 semanas

O candidato dos Socialistas Europeus a presidente da Comissão Europeia vai estar sábado na campanha do PS, anunciou Marta Temido, considerando que quando Von der Leyen "esteve melhor foi quando foi teve os socialistas a conduzirem-na".

Candidato dos Socialistas Europeus em comício do PS sábado no Porto

Candidato dos Socialistas Europeus em comício do PS sábado no Porto

O candidato dos Socialistas Europeus a presidente da Comissão Europeia vai estar sábado na campanha do PS, anunciou Marta Temido, considerando que quando Von der Leyen "esteve melhor foi quando foi teve os socialistas a conduzirem-na".

Lusa | 20:25 - 30/05/2024

BE acusa AD de querer habitação na Carta dos Direitos da UE e fora do OE

Lusa | há 3 semanas

A cabeça de lista do BE às europeias acusou hoje a Aliança Democrática de querer incluir a habitação na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia mas retirá-la do Orçamento do Estado, devido às novas regras de governação económica.

BE acusa AD de querer habitação na Carta dos Direitos da UE e fora do OE

BE acusa AD de querer habitação na Carta dos Direitos da UE e fora do OE

A cabeça de lista do BE às europeias acusou hoje a Aliança Democrática de querer incluir a habitação na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia mas retirá-la do Orçamento do Estado, devido às novas regras de governação económica.

Lusa | 20:20 - 30/05/2024

"Toda a criminalidade violenta nasce de situações de pobreza"

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista do Chega às eleições europeias, António Tânger Corrêa, considerou hoje que a criminalidade violenta "nasce de situações de pobreza" e questionou "qual a moral" da CDU para criticar o seu partido.

Em declarações aos jornalistas em Elvas, à chegada a uma visita à Feira Escolar do Concelho de Elvas (distrito de Portalegre), o candidato foi confrontado com críticas do cabeça de lista da CDU, depois de Tânger Corrêa ter associado a pobreza dos imigrantes ao aumento da violência.

Cabeça de lista da AD manifesta "gratidão" por acolhimento de migrantes

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista da AD às europeias manifestou hoje "gratidão e respeito" pelo acolhimento humanista de migrantes no Fundão, um dia antes de a sua adversária do PS visitar o mesmo espaço.

Cabeça de lista da AD manifesta

Cabeça de lista da AD manifesta "gratidão" por acolhimento de migrantes

O cabeça de lista da AD às europeias manifestou hoje "gratidão e respeito" pelo acolhimento humanista de migrantes no Fundão, um dia antes de a sua adversária do PS visitar o mesmo espaço.

Lusa | 20:09 - 30/05/2024

Pedro Nuno quer travar toda a Direita reforçando presença no PE

Lusa | há 3 semanas

O secretário-geral do PS, Pedro Nuno Santos, defendeu hoje a necessidade de se travar o avanço da direita e da extrema-direita na Europa, reforçando a presença socialista no Parlamento Europeu.

Pedro Nuno quer travar toda a Direita reforçando presença no PE

Pedro Nuno quer travar toda a Direita reforçando presença no PE

O secretário-geral do PS, Pedro Nuno Santos, defendeu hoje a necessidade de se travar o avanço da direita e da extrema-direita na Europa, reforçando a presença socialista no Parlamento Europeu.

Lusa | 20:07 - 30/05/2024

BE "não perdoa" erros na saúde que direita "aproveita para destruir SNS"

Lusa | há 3 semanas

A coordenadora do BE, Mariana Mortágua, acusou hoje o PS e Marta Temido de terem cometido erros crassos na saúde aproveitados agora pelo Governo PSD/CDS-PP para "destruir o Serviço Nacional de Saúde de forma cobarde".

"Nenhum governante tem a coragem de dizer que quer acabar com o SNS. Mas é precisamente isso que o Governo está a fazer de forma cobarde. O que o Governo do PSD [e CDS-PP] está a fazer de forma cobarde é acabar com o SNS. Aproveitando um erro crasso da maioria absoluta do PS", considerou Mariana Mortágua, que intervinha numa ação de campanha do BE para as eleições europeias, em Coimbra.

A coordenadora bloquista afirmou que o BE "não perdoa" ao PS e a Marta Temido - cabeça de lista do PS às eleições europeias do dia 09 de junho e ex-ministra da Saúde - ter "criado uma guerra contra os profissionais" deste setor.

BE

BE "não perdoa" erros na saúde que direita "aproveita para destruir SNS"

A coordenadora do BE, Mariana Mortágua, acusou hoje o PS e Marta Temido de terem cometido erros crassos na saúde aproveitados agora pelo Governo PSD/CDS-PP para "destruir o Serviço Nacional de Saúde de forma cobarde".

Lusa | 19:25 - 30/05/2024

 

"Portugueses estão cansados das campanhas de ataques"

Lusa | há 3 semanas

O secretário-geral do PS considerou hoje que "os portugueses estão cansados das campanhas de ataques" sobretudo de "quem nem sequer tem um percurso político", recusando entrar numa troca de palavras entre a candidatura socialista e a da AD.

Pedro Nuno Santos juntou-se hoje à cabeça de lista do PS, Marta Temido, na campanha para as europeias de 09 de junho na última ação do dia, uma arruada pelo centro de Évora, durante a qual manteve a linha da candidata socialista de não responder aos ataques do opositor da AD, Sebastião Bugalho.

"Os portugueses estão cansados das campanhas de ataques e ataques desses de quem nem sequer tem um percurso político", considerou o líder socialista.

Das picardias às respostas a Marcelo: O feriado passado em campanha

Lusa | há 3 semanas

Troca de acusações entre AD e PS, a vinda de Von der Leyen a Portugal e respostas ao alerta do Presidente da República para a viabilização do Orçamento marcaram o quinto dia de campanha para as europeias.

A cabeça de lista socialista, Marta Temido, começou o dia de campanha em Aljustrel a apontar aos adversários, afirmando que a oposição "não precisa de ajuda" para ser detonada. Porém, garantiu não querer alimentar picardias com os restantes partidos por lhe interessar mais falar sobre a Europa e os seus projetos políticos.

Sebastião Bugalho, candidato da Aliança Democrática (AD), deixou críticas aos socialistas de vários países da Europa, nos quais incluiu o Governo português do PS que, diz, "deixou 1,7 milhões de portugueses sem médico de família".

Das picardias às respostas a Marcelo: O feriado passado em campanha

Das picardias às respostas a Marcelo: O feriado passado em campanha

Troca de acusações entre AD e PS, a vinda de Von der Leyen a Portugal e respostas ao alerta do Presidente da República para a viabilização do Orçamento marcaram o quinto dia de campanha para as europeias.

Lusa | 19:12 - 30/05/2024

Reconhecimento do Estado palestiniano só depois de cessar-fogo, diz IL

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista da Iniciativa Liberal ao Parlamento Europeu defendeu hoje que o reconhecimento do Estado Palestiniano só deverá acontecer após o cessar-fogo imediato e a exclusão do Hamas das negociações.

"O primeiro passo é o cessar-fogo imediato, a cessação de hostilidades por parte de Israel e devolução dos reféns por parte do Hamas e, depois, sentar as partes diplomaticamente relevantes para este efeito e definir a metodologia do reconhecimento", afirmou João Cotrim de Figueiredo no final de um jogo de voleibol na praia de Matosinhos, no distrito do Porto.

Depois da Ucrânia ter entrado na campanha das eleições europeias foi, agora a vez da Palestina, depois do governo da Eslovénia ter aprovado hoje uma moção de reconhecimento do Estado Palestiniano e pedido ao parlamento que faça o mesmo, dois dias após o reconhecimento por parte de Espanha, Noruega e Irlanda.

Na visão do candidato liberal, o principal interlocutor nas negociações deverá ser por parte da Palestina a autoridade palestiniana, excluindo as organizações terroristas como o Hamas.

Reconhecimento do Estado palestiniano só depois de cessar-fogo, diz IL

Reconhecimento do Estado palestiniano só depois de cessar-fogo, diz IL

O cabeça de lista da Iniciativa Liberal ao Parlamento Europeu defendeu hoje que o reconhecimento do Estado Palestiniano só deverá acontecer após o cessar-fogo imediato e a exclusão do Hamas das negociações.

Lusa | 19:05 - 30/05/2024

CDU acusa Chega e IL de não terem "palavra" nos programas sobre salários

Lisa | há 3 semanas

O cabeça de lista da CDU às europeias acusou hoje Chega e IL de não terem "uma palavra" nos seus compromissos eleitorais sobre salários e considerou que a UE da Saúde entrega os destinos do SNS à Comissão Europeia.

Num comício no Jardim Público de Beja, João Oliveira defendeu que, nas últimas eleições legislativas, os partidos começaram a falar de salários porque a CDU colocou a questão do seu aumento geral "como prioridade na discussão".

"Também nestas eleições para o Parlamento Europeu, mesmo aqueles que não têm sequer nos seus compromissos eleitorais escrita uma vez a palavra salários, como é o caso do Chega e da Iniciativa Liberal (IL) já foram obrigados a ter de se posicionar perante isso", defendeu.

Leia mais aqui.

Von der Leyen? "Só falta José Sócrates aparecer na campanha do PS"

Tomásia Sousa | há 3 semanas

O líder do Chega, André Ventura, ironizou hoje sobre a participação de Ursula Von der Leyen na campanha da Aliança Democrática (AD), referindo que "só falta José Sócrates aparecer na campanha do PS também".

"O Chega sente um alívio de não ter estas pessoas na campanha. Ursula Von der Leyen representa tudo o que nós combatemos na União Europeia. Desde a gestão desastrosa que a União Europeia teve durante a Covid-19 e que está a ser investigada pela Procuradoria-geral Europeia", começou por defender.

"Ursula Von der Leyen representa duas coisas que nós nunca aceitaremos: a imigração descontrolada que bateu à porta da Europa e de que ela é um dos principais rostos, a par da ex-chanceler alemã Angela Merkel, e uma enorme incapacidade de combater a corrupção", afirmou Ventura, numa ação de campanha em Elvas. "Se a AD se sente confortavel em ter Von der Leyen ao seu lado, é um problema que Luís Montenegro e os candidatos da AD a estas eleições terão de responder."

Ventura diz que von der Leyen

Ventura diz que von der Leyen "representa tudo" o que o Chega combate

O presidente do Chega, André Ventura, afirmou hoje que Ursula von der Leyen "representa tudo" o que o seu partido combate e considerou que "só falta José Sócrates aparecer na campanha do PS também".

Lusa | 20:51 - 30/05/2024

O presidente do Chega disse ainda não contar com outros parceiros europeus nesta camanha às Europeias porque não os convidou e porque "quis que esta campanha fosse focada nos assuntos nacionais".

"Só falta José Sócrates aparecer na campanha do PS também e nos dizerem que não temos esses pesos pesados", atirou, defendendo ainda que a vinda de Von der Leyen é um "sinal que ela está com medo que os dois partidos do sistema não vençam estas eleições".

Livre traz Brasil e África para campanha e defende "descolonização" na UE

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista do Livre às europeias trouxe hoje África e o Brasil para a campanha e defendeu a "descolonização" dos acordos comerciais entre a União Europeia e outros países, considerando que ainda refletem "olhar paternalista".

O debate, no atelier "A Fábrica", em Coimbra, era sobre diversidade cultural na União Europeia e contou com representantes do Observatório da Cidadania e Intervenção Social, do Centro de Estudos Sociais e da Associação dos Pesquisadores e Estudantes Brasileiros da Universidade de Coimbra.

Entre os relatos, Francisco Paupério ficou a conhecer melhor as dificuldades dos estudantes internacionais na cidade e ouviu um apelo: falar mais sobre os países africanos mesmo quando estão em causa eleições para o Parlamento Europeu.

Von der Leyen com a AD? "Não nos incomoda nada. Tem uma visão diferente"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 semanas

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), Pedro Nuno Santos, afirmou, esta quinta-feira, que a presença da presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, na campanha da Aliança Democrática (AD) "não incomoda nada" o partido por se tratar de alguém com "visões distintas".

"Os candidatos a presidentes da Comissão Europeia dos diferentes partidos europeus ou grupos de partidos europeus estão a participar na campanha. O nosso, Nicolas Schmit, vem cá no sábado", começou por explicar, em declarações aos jornalistas, em Évora.

Pedro Nuno Santos sublinhou que "Ursula Von der Leyen é a candidata do PPE à liderança da Comissão Europeia e, portanto, representa todo um grupo no Parlamento Europeu que tem visões distintas" do PS. 

"Não nos incomoda nada que não esteja na nossa campanha porque nós temos uma visão diferente e quando a presidente da Comissão Europeia liderou momentos importantes de transformação na União Europeia foi por pressão e muita luta de governos socialistas", acrescentou.

"Não é a nossa candidata. O nosso candidato é Nicolas Schmit e os portugueses candidatos ao Parlamento Europeu", destacou.

Von der Leyen com a AD?

Von der Leyen com a AD? "Não nos incomoda nada. Tem uma visão diferente"

Pedro Nuno Santos sublinhou que "Ursula Von der Leyen é a candidata do PPE à liderança da Comissão Europeia e, portanto, representa todo um grupo no Parlamento Europeu que tem visões distintas" do PS. 

Notícias ao Minuto | 18:35 - 30/05/2024

"Temos 21 deputados nos quais alguns não contam para nada"

Lusa | há 3 semanas

O antigo ministro socialista Capoulas Santos considerou hoje que apesar de Portugal eleger 21 eurodeputados, só socialistas, liberais e Partido Popular Europeu (PPE) têm influência nas decisões do Parlamento Europeu.

Nós vamos ter 21 deputados, nos quais alguns não contam para nada. Porque sejamos sinceros, quem tem influência nas decisões que saem do Parlamento é o PPE, são os socialistas, são os liberais", destacou.

Capoulas Santos falava no Encontro "impactos da Europa no território e os novos desafios", que decorreu esta tarde em Évora, e contou com a participação da cabeça de lista do PS às eleições europeias, Marta Temido, e ainda do eurodeputado Carlos Zorrinho.

No seu entender, os deputados da extrema-direita e da extrema-esquerda que vão ser eleitos "não servem para nada". "Servem para protestar, por exemplo. Portanto, nós não temos 21 deputados com poder de decisão", acrescentou.

Paupério não se sente abandonado e diz que Livre está unido

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 semanas

Francisco Paupério, cabeça de lista do Livre às eleições europeias, assegurou hoje que o partido está unido, apesar da ausência de Rui Tavares, que deverá juntar-se à campanha no sábado, durante uma ação no Porto.

"Não me sinto abandonado, tenho aqui muita gente e estarei com muita gente na campanha, com todos do Livre. Estamos unidos e, certamente, vão ver isso no sábado", disse o "número um" às europeias de 09 de junho, que esteve hoje em Coimbra.

À margem de uma mesa redonda sobre diversidade cultural na União Europeia, Francisco Paupério foi questionado sobre a ausência de Rui Tavares, porta-voz e o rosto mais conhecido do partido, que ainda não se juntou ao cabeça de lista na campanha, depois de ter participado no evento de abertura, que se realizou na sexta-feira, antes do arranque oficial.  

Paupério não se sente abandonado e diz que Livre está unido

Paupério não se sente abandonado e diz que Livre está unido

Francisco Paupério, cabeça de lista do Livre às eleições europeias, assegurou hoje que o partido está unido, apesar da ausência de Rui Tavares, que deverá juntar-se à campanha no sábado, durante uma ação no Porto.

Lusa | 17:28 - 30/05/2024

PCP acusa Chega de querer "manter a imigração ilegal"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 semanas

O líder do PCP, Paulo Raimundo, acusou o partido Chega de querer "manter a imigração ilegal" para conseguir "puxar para baixo o direito dos trabalhadores".

"O Chega está a marimbar-se para a imigração. Desculpem-me a expressão. O que o Chega quer é manter a imigração ilegal porque a imigração ilegal é a melhor forma de puxar para baixo direitos dos trabalhadores ilegais, em primeiro, e a seguir os dos outros", acusou o comunista, em declarações aos jornalistas, em Beja.

PCP acusa Chega de

PCP acusa Chega de "marimbar-se para as imigrações"

O secretário-geral do PCP acusou hoje o Chega de se estar a "marimbar para as imigrações" e de querer potenciar o comércio de trabalhadores ilegais e considerou as declarações do Presidente da República sobre o Orçamento do Estado despropositadas.

Lusa | 18:15 - 30/05/2024

Financiamento a partidos radicais? "Não brincamos com contas", diz PCP

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 semanas

O líder do Partido Comunista Português (PCP), Paulo Raimundo, reagiu a uma notícia do jornal Público que indica que o financiamento que escapa aos radares transparência do Parlamento Europeu vão parar aos partidos mais radicais, sobretudo de extrema-direita. Para o comunista, é necessário "esclarecer o que há para esclarecer rapidamente".

"A pior coisa que pode haver são dúvidas, suposições, notícias com pouca certeza e pouca clareza, e ficar tudo na mesma. É necessário esclarecer tudo o mais rapidamente possível. É bom para todos", sublinhou.

Questionado sobre o que aconteceria se fossem pedidas as contas ao PCP, Raimundo foi taxativo: "Somos um partido com paredes de vidro. Não brincamos com contas, nem com as nossas nem com as do país".

 

Picardias? "Distraem o que é essencial na campanha europeia"

Márcia Guímaro Rodrigues | há 3 semanas

O candidato da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim Figueiredo, às Eleições Europeias reiterou, esta quinta-feira, a sua posição de não "entrar em picardias" com os outros partidos políticos, defendendo que "distraem o que é essencial na campanha europeia".

"É também para o nosso próprio interesse. Não é só por achar que fica bem não entrar em picardias. Estamos convencidos de que as nossas propostas e a solidez do nosso projeto são, de facto, superiores à dos outros. Quanto mais falarmos de propostas e mais falarmos de ideias, mais pessoas conseguimos cativar", explicou.

IL duvida que presença de Von der Leyen em ação da AD seja

IL duvida que presença de Von der Leyen em ação da AD seja "trunfo"

O candidato da Iniciativa Liberal às europeias duvida que a presença da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, na campanha da AD seja um "trunfo eleitoral" dado "não ter uma imagem particularmente positiva" junto dos portugueses.

Lusa | 18:25 - 30/05/2024

Chega quer Parlamento Europeu a fiscalizar aplicação de fundos

Lusa | há 3 semanas

Os eurodeputados eleitos pelo Chega vão propor que o Parlamento Europeu fiscalize a aplicação de fundos na coesão territorial, indicou o presidente, que desafiou o Governo a divulgar a nacionalidade e etnia dos suspeito nos relatórios sobre criminalidade.

"Temos tido fundos de coesão que são muito mal executados em Portugal, e esse é um problema dos governos", afirmou André Ventura, referindo que "uma das primeiras medidas" dos eurodeputados do Chega será propor que "o Parlamento Europeu fiscalize aqueles países que não estão a executar os fundos na área da coesão".

Chega quer Parlamento Europeu a fiscalizar aplicação de fundos

Chega quer Parlamento Europeu a fiscalizar aplicação de fundos

Os eurodeputados eleitos pelo Chega vão propor que o Parlamento Europeu fiscalize a aplicação de fundos na coesão territorial, indicou o presidente, que desafiou o Governo a divulgar a nacionalidade e etnia dos suspeito nos relatórios sobre criminalidade.

Lusa | 15:36 - 30/05/2024


  

Bugalho diz que AD faz "campanha sem medo"

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista da AD às europeias afirmou hoje que a coligação faz "campanha sem medo dos temas difíceis" e apontou a governos socialistas europeus em matérias como aborto ou imigração.

Num almoço comício em Coimbra, que juntou algumas centenas de pessoas, Sebastião Bugalho começou por referir que a AD (coligação que junta PSD, CDS-PP e PPM) não tem medo de debater com os seus adversários e "não tem medo dos temas difíceis".

"Falamos de migração sem populismos, falamos de habitação sem populismos, porque é nos temas difíceis que os democratas se mostram porque resolvem os problemas a quem tem de acreditar na democracia", defendeu.

No entanto, o candidato admitiu que a AD é "uma campanha que não abdica de se defender", numa resposta implícita a ataques dos seus adversários.

"Eleição europeia é para despachar quem não conseguiu dar provas?"

Lusa | há 3 semanas

O ministro da Presidência, Leitão Amaro, questionou hoje se as eleições europeias são "um caminho para despachar quem não conseguiu dar provas" em Portugal no anterior governo socialista.

Ao intervir durante um almoço da candidatura da AD nas Caves de Coimbra, Leitão Amaro aludiu à "herança pesada" deixada pelo PS e contou que às vezes se pergunta "se uma das revelações da lista do PS não é quem enviaram nas listas para a Europa" por perceberem que não eram capazes de governar em Portugal.

No seu entender, entre as "maiores falhas" e os "maiores desastres na governação socialista estão seguramente a política de saúde e a política de migrações e ambas estão à frente da lista do PS".

"Eleição europeia é para despachar quem não conseguiu dar provas?"

O ministro da Presidência, Leitão Amaro, questionou hoje se as eleições europeias são "um caminho para despachar quem não conseguiu dar provas" em Portugal no anterior governo socialista.

Lusa | 15:35 - 30/05/2024

PAN quer acabar com discriminação no arrendamento para quem tem animais

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista do PAN às eleições europeias, Pedro Fidalgo Marques, quer acabar com a discriminação no acesso à habitação para quem tem animais domésticos, pretendendo alterar a lei nesse sentido, incluindo a nível europeu.

PAN quer acabar com discriminação no arrendamento para quem tem animais

PAN quer acabar com discriminação no arrendamento para quem tem animais

O cabeça de lista do PAN às eleições europeias, Pedro Fidalgo Marques, quer acabar com a discriminação no acesso à habitação para quem tem animais domésticos, pretendendo alterar a lei nesse sentido, incluindo a nível europeu.

Lusa | 13:45 - 30/05/2024

Chega recusa apoiar Von der Leyen e reconhecer já a Palestina

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista do Chega às eleições europeias recusou hoje apoiar a candidatura da presidente da Comissão Europeia a um segundo mandato e defendeu que Portugal não deve reconhecer o Palestina como Estado enquanto durar o conflito.

Chega recusa apoiar Von der Leyen e reconhecer já a Palestina

Chega recusa apoiar Von der Leyen e reconhecer já a Palestina

O cabeça de lista do Chega às eleições europeias recusou hoje apoiar a candidatura da presidente da Comissão Europeia a um segundo mandato e defendeu que Portugal não deve reconhecer o Palestina como Estado enquanto durar o conflito.

Lusa | 14:48 - 30/05/2024

CDU acusa IL de querer saber "onde estão imigrantes a cada momento"

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista da CDU às europeias acusou hoje a IL de defender a recolha de dados biométricos de imigrantes, permitindo saber "onde é que estão em cada momento", considerando ser "uma forma esquisita de defender liberdades".

CDU acusa IL de querer saber

CDU acusa IL de querer saber "onde estão imigrantes a cada momento"

O cabeça de lista da CDU às europeias acusou hoje a IL de defender a recolha de dados biométricos de imigrantes, permitindo saber "onde é que estão em cada momento", considerando ser "uma forma esquisita de defender liberdades".

Lusa | 14:34 - 30/05/2024

Rosas regressou a forte onde foi preso para ajudar BE a realçar memória

Lusa | há 3 semanas

O historiador Fernando Rosas guiou hoje a cabeça de lista do BE às eleições europeias numa visita ao forte de Peniche, onde esteve preso, para ajudar Catarina Martins a realçar a importância da memória, com a extrema-direita na mira.

Rosas regressou a forte onde foi preso para ajudar BE a realçar memória

Rosas regressou a forte onde foi preso para ajudar BE a realçar memória

O historiador Fernando Rosas guiou hoje a cabeça de lista do BE às eleições europeias numa visita ao forte de Peniche, onde esteve preso, para ajudar Catarina Martins a realçar a importância da memória, com a extrema-direita na mira.

Lusa | 14:13 - 30/05/2024

Von der Leyen em Portugal a 6 de junho para ação de campanha da AD

Lusa | há 3 semanas

A presidente da Comissão Europeia e candidata do Partido Popular Europeu a um segundo mandato estará em Portugal a 6 de junho para uma ação de campanha da Aliança Democrática (AD), avançou hoje à Lusa fonte partidária europeia.

Von der Leyen em Portugal a 6 de junho para ação de campanha da AD

Von der Leyen em Portugal a 6 de junho para ação de campanha da AD

A presidente da Comissão Europeia e candidata do Partido Popular Europeu a um segundo mandato estará em Portugal a 6 de junho para uma ação de campanha da Aliança Democrática (AD), avançou hoje à Lusa fonte partidária europeia.

Lusa | 13:58 - 30/05/2024

  

CDU acusa PS e AD de insistirem em "guerras de alecrim e manjerona"

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista da CDU às eleições para o Parlamento Europeu avisou hoje o PS e a AD que "insistirem em guerras de alecrim e manjerona é o melhor contributo que podem dar" para a abstenção.

CDU acusa PS e AD de insistirem em

CDU acusa PS e AD de insistirem em "guerras de alecrim e manjerona"

O cabeça de lista da CDU às eleições para o Parlamento Europeu avisou hoje o PS e a AD que "insistirem em guerras de alecrim e manjerona é o melhor contributo que podem dar" para a abstenção.

Lusa | 13:22 - 30/05/2024

"Detonar oposição? Quase diria que não precisa de ajuda"

Lusa | há 3 semanas

A cabeça de lista do PS às eleições europeias, Marta Temido, considerou hoje que a oposição não precisa de ajuda para ser detonada.

Ao quarto dia de campanha, a antiga ministra da saúde visitou o Parque Mineiro de Aljustrel e, a cerca de 30 metros de profundidade, simulou uma detonação.

"Detonar a oposição? Eu quase diria que não precisa de ajuda, isso parece-me bastante evidente. Relativamente a abrir caminho, é preciso abrir caminho para Bruxelas, mas com sentido: o sentido de afirmar Portugal, de fazer um caminho difícil que tem de ser feito e que ninguém vai fazer por nós", afirmou.

"Detonar oposição? Quase diria que não precisa de ajuda"

A cabeça de lista do PS às eleições europeias, Marta Temido, considerou hoje que a oposição não precisa de ajuda para ser detonada e escusou-se a responder aos seus opositores "porque o foco é a Europa".

Lusa | 12:30 - 30/05/2024

Israel? Opinião pública é "superpotência" para "obrigar UE a agir"

Notícias ao Minuto | há 3 semanas

Catarina Martins, cabeça de lista do Bloco de Esquerda, aproveitou uma ação de campanha em Peniche para falar sobre a situação na Faixa de Gaza e para pedir que Portugal reconheça o Estado da Palestina e que a União Europeia adote sanções contra Israel. 

"Israel não vai parar, Israel tem de ser parado e tem de ser parado por quem tem memória e por quem tem humanidade hoje e não aceita estar a assistir a um genocídio", disse, condenado a situação em Rafah.

"A opinião pública é agora a maior superpotência que podemos ter para parar Israel, para obrigar os vários países a agirem, para obrigar a União Europeia a agir. É preciso sanções já", defendeu.

"A posição do Governo português é insuportável. Dizer que não se conhece a Palestina porque ainda é cedo... não sei se estão à espera que esteja toda a gente morta ou  exilada para finalmente reconhecerem o Estado da Palestina (...) Na Europa é preciso fazer esse caminho", completou.

Livre quer maior participação dos jovens na União Europeia

Lusa | há 3 semanas

O cabeça de lista do Livre às eleições europeias tirou a manhã do quarto dia de campanha para ouvir estudantes do ensino superior e quer que os jovens tenham também uma maior participação no Parlamento Europeu.

"Se olharmos para o Parlamento Europeu, a média de idades está perto dos 50 anos, que não é representativo", sublinhou Francisco Paupério, em declarações aos jornalistas no final de uma reunião com representantes da Associação Académica de Coimbra (AAC).

O cabeça de lista do Livre às eleições europeias de 09 de junho é um dos candidatos portugueses mais novos e quer ver mais jovens nas instituições europeias e no Parlamento Europeu.

Livre quer maior participação dos jovens na União Europeia

Livre quer maior participação dos jovens na União Europeia

O cabeça de lista do Livre às eleições europeias tirou a manhã do quarto dia de campanha para ouvir estudantes do ensino superior e quer que os jovens tenham também uma maior participação no Parlamento Europeu.

Lusa | 12:36 - 30/05/2024

Cotrim diz que "só" a IL tem "transmitido confiança" e recusa "picardias"

Carmen Guilherme | há 3 semanas

O cabeça de lista da Iniciativa Liberal (IL) às Eleições Europeias, João Cotrim de Figueiredo, defendeu, esta quinta-feira, que é "impossível" que o carinho que tem sentido na rua não se traduza num "bom resultado" para o partido, considerando ainda que as outras campanhas "são pouco otimistas" e "confiantes" e recusando voltar a falar em "picardias".

Em declarações aos jornalistas em Caminha, distrito de Viana do Castelo, o liberal disse fazer um "balanço muito, muito positivo" desta campanha e mostrou-se confiante.

Cotrim diz que

Cotrim diz que "só" a IL tem "transmitido confiança" e recusa "picardias"

Liberal mostrou-se confiante e apelou à inscrição no voto antecipado.

Notícias ao Minuto | 11:52 - 30/05/2024

"Irresponsabilidade"? "Os portugueses conhecem-me"

Carmen Guilherme | há 3 semanas

Acabeça de lista do Partido Socialista (PS) às eleições Europeias, Marta Temido, recusou, esta quinta-feira, responder às mais recentes acusações de Sebastião Bugalho, adversário e candidato da Aliança Democrática (AD), que a acusou de "irresponsabilidade democrática" por criticar o plano de emergência para a saúde apresentado pelo Governo.

A também antiga ministra da Saúde falava aos jornalistas durante uma ação de campanha no Parque Mineiro de Aljustrel, no distrito de Beja. Depois de ter afirmado ser uma candidata de "construção" e interrogada sobre se o cabeça de lista da AD é mais um candidato destrutivo, a socialista evitou responder, remetendo para o seu projeto.

"Irresponsabilidade"? "Os portugueses conhecem-me"

Em causa estão as críticas de Sebastião Bugalho, que acusou Marta Temido e o PS de "irresponsabilidade democrática", por criticarem o plano de emergência para a saúde apresentado pelo Executivo da AD, depois do estado a que deixaram chegar o setor.

Carmen Guilherme | 11:29 - 30/05/2024

"Voto na estabilidade é o voto na AD", defende Sebastião Bugalho

Lusa | há 3 semanas

O candidato da AD às eleições europeias, Sebastião Bugalho, defendeu hoje que um voto na lista que encabeça, no próximo dia 09, contribuirá para a estabilidade política do país.

"Voto na estabilidade é o voto na AD", defende Sebastião Bugalho

O candidato da AD às eleições europeias, Sebastião Bugalho, defendeu hoje que um voto na lista que encabeça, no próximo dia 09, contribuirá para a estabilidade política do país.

Lusa | 11:46 - 30/05/2024

Acusações entre Temido e Bugalho? "Pleitos fazem parte das campanhas"

José Miguel Pires | há 3 semanas

O presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz acompanhou a passagem da campanha de Sebastião Bugalho pelo concelho.

"Senti alegria por recebermos o presidente Zelensky, por Portugal estar na linha da frente na causa justa. Nessa medida, é festa, porque temos tanta coisa triste no dia a dia que ver ali o presidente, o primeiro-ministro e o líder da oposição irmanados no apoio a alguém que está a lutar pela vida dos seus compatriotas é um dia de festa para a nossa pátria", considerou.

Acusações entre Temido e Bugalho?

Acusações entre Temido e Bugalho? "Pleitos fazem parte das campanhas"

O presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz acompanhou a passagem da campanha de Sebastião Bugalho pelo concelho.

José Miguel Pires com Lusa | 10:42 - 30/05/2024

Europeias. Decorre hoje debate dos partidos sem lugar parlamentar

Lusa | há 3 semanas

Os partidos sem representação parlamentar, concorrentes às eleições europeias de 09 de junho, ganham hoje, ao quarto dia de campanha, visibilidade acrescida com o debate organizado pela RTP.

Europeias. Decorre hoje debate dos partidos sem lugar parlamentar

Europeias. Decorre hoje debate dos partidos sem lugar parlamentar

Os partidos sem representação parlamentar, concorrentes às eleições europeias de 09 de junho, ganham hoje, ao quarto dia de campanha, visibilidade acrescida com o debate organizado pela RTP.

Lusa | 06:17 - 30/05/2024

Início de cobertura

José Miguel Pires | há 3 semanas

Bom dia. Acompanhe aqui AO MINUTO mais um dia de campanha para as Eleições Europeias, que leva os cabeças de lista dos diferentes partidos um pouco por todo o país.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório