Meteorologia

  • 23 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 29º

Temido diz que é essencial poder contar com presença de Pedro Nuno

A cabeça de lista do PS às eleições europeias, Marta Temido, considerou hoje essencial contar com a presença de Pedro Nuno Santos no comício desta noite, que marca o primeiro dia de campanha oficial.

Temido diz que é essencial poder contar com presença de Pedro Nuno
Notícias ao Minuto

17:29 - 27/05/24 por Lusa

Política Europeias

"Estamos a falar de uma campanha para as europeias, mas há muitos pontos de interceção e, portanto, é essencial, é muito importante, podermos contar com o apoio do secretário-geral", referiu.

Durante uma ação de campanha junto da população de Setúbal, que decorreu na Praça de Bocage, Marta Temido sublinhou que a presença de Pedro Nuno Santos no comício de hoje à noite serve "para motivar e animar", além de permitir que se aborde uma dimensão nacional da política.

"Temos de garantir que também os temas nacionais e a sua ligação aos temas europeus são mantidos. É muito importante ter a presença do secretário-geral", reiterou.

O jantar comício está agendado para as 20:30, em Almada, depois de um dia em que diz ter sido recebida com muito carinho e interesse, com a população a perguntar "o que a Europa pode fazer pelas suas necessidades".

"Naturalmente, também há uma ou outra reação que não podemos deixar de ouvir, interpretar e referir. Por vezes é uma reação de insatisfação, de melhor esclarecimento, mas isso faz parte da democracia e a campanha eleitoral é isso", apontou.

Em dia de arranque da campanha, a antiga ministra da saúde garantiu estar preparada para ouvir, debater e esclarecer, tanto "as coisas mais simpáticas como as menos".

"Genericamente têm estado connosco e a recetividade tem sido muito boa e com muito carinho", alegou.

Depois de alguns cumprimentos, 'selfies' e entrega de panfletos a quem estava em esplanadas de café, Marta Temido foi abordada por uma mulher que se mostrou desalentada pela situação económica em que se encontra, com um rendimento de pouco mais de 400 euros por se encontrar desempregada.

"Já corri tudo e não consigo emprego. E a minha filha está institucionalizada", ouviu a candidata, que solicitou a autarcas locais que acompanhassem este caso.

Leia Também: "Pressão" para dar vitória ao PS? "Todas as eleições têm valor próprio"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório