Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 22º

Bugalho diz que Regiões Autónomas "não podem ser desfavorecidas"

O cabeça de lista da Aliança Democrática (AD) às eleições europeias afirmou hoje, nos Açores, que as Regiões Autónomas "não podem ser desfavorecidas nos próximos quadros financeiros plurianuais", assegurando que irá defender as especificidades do arquipélago açoriano no Parlamento Europeu.

Bugalho diz que Regiões Autónomas "não podem ser desfavorecidas"
Notícias ao Minuto

22:19 - 25/05/24 por Lusa

Política Europeias

"Os eurodeputados portugueses, nomeadamente José Manuel Fernandes [atual ministro da Agricultura], fez tudo para que as Regiões Autónomas como os Açores nunca fossem desvalorizadas ou desprestigiadas nesses fundos. E posso garantir, faço aqui um compromisso solene com todos os açorianos que esse trabalho vai ser continuado e honrado na próxima legislatura no Parlamento Europeu", afirmou Sebastião Bugalho.

Falando à margem de uma visita à Paisagem Protegida da Vinha do Pico, Sebastião Bugalho salientou que "um Portugal mais forte na Europa e uma Europa mais forte no mundo não era possível sem a dimensão regional e a dimensão atlântica dos Açores".

"Nós defendemos, desde a primeira hora, as Regiões Autónomas como parte integral do nosso programa e vamos continuar a fazer jus a isso e refletir o que foi feito do ponto de vista do património político da delegação anterior, nomeadamente no quadro das Regiões Autónomas ", vincou o candidato da AD, na ilha do Pico, onde esteve acompanhado pelo líder regional do PSD e chefe do executivo açoriano (PSD/CDS-PP/PPM), José Manuel Bolieiro, e por Paulo Nascimento Cabral, candidato açoriano e 7.º na lista.

Sebastião Bugalho referiu que José Manuel Bolieiro "inaugurou o ciclo de vitórias da Aliança Democrática em 2024 no dia 04 de fevereiro", aquando das eleições regionais nos Açores, e "depois com Luís Montenegro no dia 10 de março", data das legislativas.

"E nós esperamos, com muito trabalho, com muita humildade e com muito espírito europeu, refletir isso no próximo 09 de junho elegendo Paulo Nascimento Cabral [candidato dos Açores pela AD] para o Parlamento Europeu", acrescentou.

O candidato realçou que Paulo Nascimento Cabral "esteve envolvido, desde o primeiro momento, na conceção" do programa da Aliança Democrática para as eleições de 09 de junho, destacando "a experiência europeia" do candidato açoriano.

Manifestando-se convicto na eleição do candidato açoriano, Sebastião Bugalho, afirmou: "a minha média mais humilde, e mais honesta, é ter mais um ponto do que a minha idade, portanto 29%, o que queria dizer que o Paulo Nascimento será eurodeputado".

Leia Também: Cotrim diz que Bugalho é um candidato "precocemente envelhecido"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório