Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 22º

Marta Temido defende criação de "canais seguros de migração"

A cabeça de lista do PS às europeias defendeu hoje, em Leiria, a criação de "canais seguros de migração" na Europa e pediu para que sejam dados mais recursos à Agência para a Integração, Migrações e Asilo.

Marta Temido defende criação de "canais seguros de migração"
Notícias ao Minuto

21:04 - 25/05/24 por Lusa

Política Europeias

Marta Temido passeou hoje à tarde pela Feira de Leiria, onde contactou com pessoas de diversas nacionalidades, que oferecem, no espaço, diferentes pratos típicos dos seus países, tendo inclusive recebido um pano africano.

Para a Europa, a candidata socialista prometeu levar "uma mensagem com uma dupla dimensão: solidariedade, humanismo e também realismo na abordagem dos fenómenos migratórios".

"Ninguém para a vontade das pessoas melhorarem a sua vida com muros ou com regras rígidas. Temos de ajudar a desenvolver países de origem e trânsito. Temos de criar canais seguros de migração, porque precisamos também, como no passado, quando fomos um país de emigração, agora somos um país de pessoas que nos procuram e temos de as integrar com condições", sublinhou Marta Temido.

Confrontada com a falta de resposta da AIMA - Agência para a Integração, Migrações e Asilo em Portugal, a ex-ministra da Saúde adiantou que se pode "começar por dar à AIMA compromisso e um acordo".

"Quanto tempo precisa a AIMA para regularizar a situação? Que meios adicionais precisa? E dar um pacto de quando é que isso está ultrapassado", acrescentou.

Com o presidente da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes (PS), a fazer de cicerone, e com o seu antigo secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, na comitiva, houve cidadãos que não esqueceram os tempos da pandemia e agradeceram a Marta Temido o trabalho desenvolvido.

Antes de entrar na Feira de Leiria, a cabeça de lista do PS às europeias passou pela Porta 10 do Estádio de Leiria, onde a União de Leiria tem o seu museu e está patente a exposição 'Os Campeões em Leiria'".

A Marta Temido foi entregue a Taça da Liga dos Campeões conquistada em Lisboa, em 2014, pelo Real Madrid. Um momento "simbólico", que a candidata considerou ser também "um momento de união".

"Para a semana, vamos para a rua e vamos precisar de muita energia para explicar aquele que é o nosso projeto. Temos muito empenho e muita vontade, mas estes dias de aquecimento também são importantes", apontou.

A "aquecer os motores" para a campanha oficial que arranca na segunda-feira, no distrito de Setúbal, Marta Temido passou antes pela Nazaré, no distrito de Leiria, onde esteve com surfistas que lhe explicaram as "técnicas de enfrentar o mar, surfar a onda" e "manter a calma perante ondas adversas".

Já na parte final da visita à Feira de Leiria, Marta Temido foi surpreendida pela socialista Ana Catarina Mendes, que, vinda de Aveiro, parou na cidade do Lis para se juntar à cabeça-de-lista do PS às europeias.

Uma visita inesperada que a antiga ministra da Saúde fez questão de referir ter adorado. "Fazer política é difícil. A única hipótese de estarmos mesmo ao serviço dos outros é estarmos ao serviço dos outros com pessoas de quem gostamos, em quem acreditamos e não termos qualquer dúvida sobre elas quando o mar se torna mais tormentoso", referiu à Lusa.

Este domingo, Marta Temido não estará em campanha, em respeito às eleições que decorrem no Arquipélago da Madeira.

Leia Também: Marta Temido: "Não andei a trabalhar candidatura para Câmara nenhuma"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório