Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
26º
MIN 14º MÁX 28º

Aeroporto? Pedro Nuno aponta falta de estudo sobre reforço de capacidade

O líder do PS acusou hoje o Governo de ter anunciado o reforço da capacidade de voos do aeroporto Humberto Delgado sem qualquer estudo ou parecer, tendo o primeiro-ministro assegurado que todas as decisões foram ponderadas e estudadas.

Aeroporto? Pedro Nuno aponta falta de estudo sobre reforço de capacidade
Notícias ao Minuto

16:22 - 15/05/24 por Lusa

Política Aeroporto

No primeiro debate quinzenal de Luís Montenegro como primeiro-ministro, no parlamento, o secretário-geral do PS, Pedro Nuno Santos, pediu, por mais do que uma vez, ao chefe do executivo que explicasse com base em que estudo ou parecer fez o anúncio do reforço do atual aeroporto de Lisboa já que "faz gala" de dizer que toma decisões ponderadas.

"Para que não possa ser acusado de imponderado, impulsivo, apresente-nos o estudo ou parecer que esteve na base dessa decisão que vai ter impacto em Lisboa", insistiu Pedro Nuno Santos.

Numa das respostas e sem nunca responder diretamente, o primeiro-ministro remeteu para "todas as opiniões que foram veiculadas ao longo do tempo", para o relatório da Comissão Técnica Independente ou para comunicações da ANA.

"Esteja descansado porque eu não revoguei hoje as minhas decisões de ontem", disse, numa referência ao período em que Pedro Nuno Santos era ministro das Infraestruturas e teve de revogar uma decisão sua sobre a localização do aeroporto e que gerou um conflito com o então primeiro-ministro António Costa.

De acordo com Luís Montenegro, as decisões "são ponderadas e foram estudadas", inclusivamente "num contexto partidário" que acusou o líder do PS de ter desdenhado.

"Fica portanto claro que o Governo fez um anúncio ontem [terça-feira] para o qual não tem um estudo, um parecer que fundamente a decisão", acusou.

Antes, o primeiro-ministro tinha afirmando para que o assunto ficasse clarificado iria "remeter um memorando que foi enviado no dia 03 de maio pela NAV onde está plasmada toda a estratégia de reforço da capacidade aeroportuária do aeroporto Humberto Delgado".

"Mas eu pensei que para si não era necessário porque no famoso despacho que proferiu ainda como ministro está lá anotada a necessidade de reforçar essa capacidade. Está escrito, eu posso-lhe ler ou então também posso mandar distribuir o despacho se tiver saudades de o revisitar. Até se pode distribuir esse e aquele que o revoga no dia seguinte", ironizou.

Na terça-feira, o Governo liderado por Luís Montenegro aprovou o desenvolvimento de um plano de investimentos faseado que assegure o aumento de capacidade do Aeroporto Humberto Delgado para atingir os 45 movimentos por hora, incluindo os investimentos previstos na Resolução de Conselho de Ministros de dezembro passado, aprovada pelo Governo anterior.

Leia Também: Aeroporto. Entidade de turismo de Lisboa vê Alcochete com "grande agrado"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório