Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Tavares salienta que "conquistas" do Livre podem aumentar com eleição

O deputado único do Livre enalteceu hoje as medidas que o partido conseguiu ver aprovadas no Orçamento do Estado para 2024 e salientou que podem ser mais, caso o partido eleja em março um grupo parlamentar, mostrando-se confiante.

Tavares salienta que "conquistas" do Livre podem aumentar com eleição
Notícias ao Minuto

12:19 - 29/11/23 por Lusa

Política Livre

"Há aqui vitórias que são justas porque o Livre as apresentou e conquistou e isso significa que vale o voto de abstenção neste orçamento. E mais poderíamos conquistar ainda se tivéssemos não apenas um deputado nesta Assembleia da República, mas mais deputados e deputadas como vamos ter, como sabemos que os nossos cidadãos nos vão dar confiança no próximo dia 10 de março", afirmou.

Rui Tavares falava no encerramento do debate parlamentar sobre a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2024 (OE2024), que tem aprovação garantida pela maioria absoluta do PS, numa votação na qual o deputado do Livre vai abster-se.

O deputado sublinhou algumas "conquistas" do partido que ficaram consagradas nos orçamentos desde que a legislatura teve início, como a atribuição do subsídio de desemprego a vítimas de violência doméstica - recentemente promulgado pelo Presidente da República - ou a semana de trabalho de quatro dias.

Entre as medidas que o partido "apresentou e ganhou" desde 2022, Tavares referiu ainda o programa 3C -- Casa, Conforto e Clima, de combate à pobreza energética - numa intervenção que foi pontualmente alvo de protestos vindos da bancada parlamentar do Chega.

No processo orçamental atual, o deputado salientou a aprovação de um fundo de emergência para a habitação ou o alargamento do passe ferroviário nacional aos comboios inter-regionais, urbanos e intercidades, no valor de 49 euros.

[Notícia atualizada às 12h30]

Leia Também: OE2024: PAN volta a abster-se na votação final global

Recomendados para si

;
Campo obrigatório