Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 28º

Reunião magna liberal arranca trabalhos com mais de hora e meia de atraso

A VII Convenção Nacional da Iniciativa Liberal arrancou hoje cerca das 11h12 em Lisboa, com mais de uma hora e meia de atraso face à hora prevista, em Lisboa, vestida de azul para um "Portugal mais liberal".

Reunião magna liberal arranca trabalhos com mais de hora e meia de atraso
Notícias ao Minuto

11:26 - 21/01/23 por Lusa

Política Iniciativa Liberal

Os trabalhos deveriam arrancar pelas 9h30, tendo começado cerca da 11h12, com 790 pessoas na sala e 281 pessoas remotamente, horário em que, de acordo com o programa, já estaria a falar aos membros o presidente cessante, João Cotrim Figueiredo.

O atraso foi justificado por fonte oficial do partido à Lusa pela "falta de quórum", que teria de ser de 1.066 pessoas, independentemente de estarem presencialmente ou à distância.

Cerca das 10h15 foi anunciado aos microfones da convenção de que se aguardava por quórum para o início dos trabalhos. Pelas 11h10, pedia-se aos membros que ocupassem os seus lugares e cerca de dois minutos a presidente da mesa da convenção, Mariana Leitão, agradeceu a "paciência" e deu boas-vindas aos participantes.

A reunião magna dos liberais decorre na maior sala do Centro de Congressos de Lisboa, o mesmo local do que a anterior, que se realizou há pouco mais de um ano, mas desta vez na sala maior daquela infraestrutura, a chamada nave central, com o lema "Portugal mais liberal" inscrito no écran gigante colocado atrás da mesa da convenção.

À abertura formal da VII Convenção Nacional, que vai eleger o sucessor de João Cotrim Figueiredo na liderança dos liberais, antecedeu o habitual período de credenciação, a partir das 8h00 e cerca das 9h00 começaram a chegar os primeiros candidatos, com José Cardoso a ser o mais madrugador.

Seguiu-se Carla Castro, já depois do ainda presidente da comissão executiva, Cotrim Figueiredo, sendo Rui Rocha o último a entrar no centro de congressos.

À entrada do centro de congressos, Rui Rocha, acompanhado de dezenas de pessoas, recebeu aplausos, e Carla Castro, também com um grupo de apoiantes foi saudada com palmas já dentro da sala, que ainda se enchia de membros.

Já com uma sala mais composta, Rui Rocha entrou sob uma salva de palmas e gritos de "liberal, liberal, liberal".

A VII Convenção da Iniciativa Liberal decorre entre hoje e domingo, no Centro de Congressos de Lisboa, e os cerca de 2.300 membros do partido inscritos na reunião magna vão eleger o sucessor de João Cotrim Figueiredo na liderança do partido, que nas últimas legislativas passou de um para oito deputados.

Na primeira convenção eletiva da história da IL (fundada em 2017), disputam a presidência da Comissão Executiva Rui Rocha e Carla Castro, ambos deputados e membros da direção cessante, e o conselheiro nacional José Cardoso.

Leia Também: IL. Rodrigo Saraiva diz que resultado da convenção "não será indiferente"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório