Meteorologia

  • 25 MAIO 2022
Tempo
25º
MIN 14º MÁX 26º

Ventura diz que um voto no PSD é um voto em António Costa

O presidente do Chega, André Ventura, afirmou hoje, em Vila Real de Santo António, que um voto no PSD "é um voto em António Costa", depois de na terça-feira ter dito que era necessário criar pontes à direita.

Ventura diz que um voto no PSD é um voto em António Costa
Notícias ao Minuto

18:10 - 26/01/22 por Lusa

Política Legislativas

Questionado sobre as declarações do presidente do PSD, Rui Rio, de que o PS é "um dos interessados em que o Chega tenha uma grande votação", André Ventura frisou que é "o contrário" e que um voto nos sociais democratas é "um voto em António Costa".

"Um voto no Chega é obrigar um Governo de direita a lutar contra a corrupção", frisou, recordando que, na última legislatura, o PSD votou cerca de 60% das vezes ao lado dos socialistas.

Ainda na terça-feira, André Ventura afirmava que era importante a direita criar pontes e não destruí-las, alertando para a possibilidade de "uma geringonça de direita morta à nascença".

O presidente daquele partido de extrema-direita falava aos jornalistas durante a arruada que realizou esta tarde em Vila Real de Santo António, onde fez questão de recordar a detenção da presidente da Câmara Municipal, Conceição Cabrita (PSD), em abril de 2021, por suspeitas de corrupção.

No final da arruada e perante cerca de 40 militantes, André Ventura voltou a falar da corrupção e atacou novamente PS e PSD, acusando-os de conluio "nas últimas décadas para distribuir o bolo dos contribuintes sem deixar nada para a população".

"Agora, estão com medo que o Chega cresça. Reparem que ontem [terça-feira] António Costa disse que está muito orgulhoso por ser o principal inimigo do Chega. Está orgulhoso porque, de um lado está a corrupção socialista e, do outro, o único que quer verdadeiramente lutar contra a corrupção", disse.

Na curta arruada pelo centro de Vila Real de Santo António, André Ventura voltou a receber várias promessas de voto, tal como tinha acontecido no dia anterior, em Portimão.

"Boa sorte", disse um homem que se assumiu como benfiquista e ex-combatente.

Para além dos votos, recebeu também elogios, quando entrou num café para beber uma bica.

"Andrezinho! Andrezinho! Andrezinho!", gritava uma mulher na casa dos 60 anos, que considerou que o político era ainda "mais bonito ao vivo".

Mais à frente, André Ventura pegou numa bicicleta de um apoiante e fez um ligeiro 'sprint' de meia dúzia de metros, para no final deixar um recado ao líder do PSD: "O Rui Rio tem que se pôr a pau, que eu estou em forma".

Leia Também: Ventura desafia direita a comprometer-se com programa 'Portagens Zero'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório