Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
32º
MIN 16º MÁX 35º

Catarina Martins: Do "sapo" Ventura (que "incha, incha") à corrupção

Porta-voz do Bloco de Esquerda foi esta terça-feira entrevistada por Ricardo Araújo Pereira no programa 'Isto é gozar com quem trabalha', na SIC.

Catarina Martins: Do "sapo" Ventura (que "incha, incha") à corrupção
Notícias ao Minuto

23:05 - 18/01/22 por Notícias ao Minuto

Política Eleições antecipadas

A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, esteve esta terça-feira no programa apresentado por Ricardo Araújo Pereira, 'Isto é gozar com quem trabalha', na SIC, onde comparou Ventura com um "sapo que incha, incha, incha" e citou Papa Francisco para sublinhar a importância de uma "economia mais justa".

Numa entrevista caracterizada pelo humor, Ricardo Araújo Pereira questionou se Catarina Martins iria ser "preguiçosa e apresentar a mesma desculpa para chumbar" o Orçamento de Estado 2022, ou se iria ser "original e inventar uma nova [desculpa] desta vez". Catarina reagiu de sorriso no rosto questionando o apresentador se achava que uma "mulher na política poderia ser preguiçosa", desconcertando Ricardo Araújo Pereira. 

"Eu não distingo entre géneros e para mim é tudo igual", respondeu em tom de brincadeira o apresentador. 

"Voltando ao trabalho", Catarina Martins sublinhou que "da última vez que o PS aceitou fazer um acordo com o Bloco, pusemos a troika para trás". A porta-voz do Bloco, que esteve hoje no Bairro da Jamaica, recordou ainda o caso da família Coxi e comparou André Ventura à fábula do 'Sapo e do boi', afirmando que o líder do Chega é aquele sapo que "incha, incha, incha e depois rebenta". Com o Bloco como 3.ª força política, "resolvemos o problema", explicou a bloquista. 

O humorista também questionou Catarina Martins sobre as citações que fez do Papa Francisco durante um debate com André Ventura. A bloquista justificou que, se o Papa Francisco defende uma "economia mais justa", porque não citá-lo.

Catarina Martins também aproveitou para salientar questões como a corrupção, os devedores do BES, Novo Banco ou Luís Filipe Vieira. "Nós estivemos cá sempre para proteger o país", exaltou Catarina Martins.  

Leia Também: Catarina Martins espera que hoje "fiquem claros projetos para o país"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório