Meteorologia

  • 02 AGOSTO 2021
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Conselho Nacional do CDS aprovou mais 32 coligações para as autárquicas

O Conselho Nacional do CDS-PP, órgão máximo entre congressos, aprovou hoje mais 32 coligações para as eleições autárquicas, disse à Lusa o coordenador autárquico.

Conselho Nacional do CDS aprovou mais 32 coligações para as autárquicas
Notícias ao Minuto

23:34 - 19/07/21 por Lusa

Política Autárquicas

De acordo com Fernando Barbosa, 119 conselheiros nacionais votaram a favor (91,5%), três contra (2,3%) e oito abstiveram-se (6,2%).

De acordo com a lista de coligações, à qual a Lusa teve acesso, foi aprovada hoje a coligação a São João da Madeira, candidatura encabeçada pelo deputado e ex-candidato à liderança do partido, João Almeida.

Esta coligação junta PSD, CDS-PP e Iniciativa Liberal.

Foram aprovadas também as coligações candidatas às câmaras municipais da Maia (PSD/CDS), Sintra (PSD/CDS-PP/Aliança/MPT/PDR/PPM/RIR) e Aveiro (PSD/CDS/PPM), entre outras.

Em declarações à Lusa, o coordenador autárquico disse que o CDS vai concorrer coligado em "cerca de 140" municípios.

Quanto ao total de candidaturas, não quis comprometer-se com um número mas indicou que o partido vai "concorrer mais ou menos ao mesmo número que há quatro anos".

Fernando Barbosa afirmou também estar "convencido que as autárquicas vão correr bem" e que o CDS vai conseguir "mais autarcas do que em 2017".

"Aumentar o número de autárquicas e o número de câmaras, é essa a expectativa", salientou.

Para tal, o dirigente indicou ter havido "mais critério, mais cuidado na escolha dos candidatos" e que quer "uma equipa com bastante qualidade" que possa "fazer política de proximidade, o que tem caído de há uns tempos para cá".

De acordo com o coordenador autárquico, o partido quer ter "autarcas bem preparados", e que ajudem o CDS-PP a "continuar a crescer daqui a quatro anos", pelo que ser-lhes-á dada formação.

O Conselho Nacional esteve hoje reunido por videoconferência e à 'porta fechada', durante cerca de duas horas.

Este foi a terceira reunião do órgão máximo entre congressos para discussão e aprovação de coligações autárquicas.

As eleições autárquicas estão marcadas para dia 26 de setembro.

Leia Também: Medina garante que acordo com Livre resulta de vontade genuína de agregar

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório