Meteorologia

  • 01 AGOSTO 2021
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Vídeo de diretores da TAP. "Razão para serem despedidos com justa causa"

Ana Gomes já reagiu ao polémico vídeo que dois diretores da TAP partilharam a partir de Madrid sobre um "alegado" recrutamento.

Vídeo de diretores da TAP. "Razão para serem despedidos com justa causa"

A ex-candidata presidencial pediu, esta terça-feira, no Twitter, o despedimento dos dois diretores da TAP que garantem, num vídeo filmado a partir da Plaza Mayor, no centro de Madrid, que estão em Espanha a contratar pessoal para a companhia aérea portuguesa.

"Sem vergonha! É razão para serem despedidos e com justa causa", escreveu a socialista na rede social, onde partilhou também o vídeo polémico que já espoletou várias reações, entre as quais a do ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, que admitiu estar "indignado" com a situação.

No vídeo, que pode ver acima, o diretor dos Recursos Humanos da TAP aparece a relatar a sua experiência na contratação de pessoal em Espanha para a TAP, acompanhado do diretor de Relacionamento e Otimização de Pessoas na TAP Air Portugal.

"Estamos em Madrid eu e o meu colega e amigo, João Falcato. Já fizemos seleção de pessoas esta tarde", diz Pedro Ramos, questionado, de seguida, o colega: "Como é selecionar pessoas neste contexto pandémico?"

"Estamos a fazer avaliações, [os candidatos espanhóis] são muito mais abertos, estão muito mais à procura de oportunidades. Continuamos a encontrar gente de excelente qualidade, que acham que isto já passou [pandemia]", responde João Falcato.

"Gente que não estaria disponível e que está disponível no mercado fruto da pandemia. Esperamos trazer para a TAP. Vamos conseguir contratar. Vamos selecionar os melhores", acrescenta ainda o diretor de Relacionamento e Otimização de Pessoas na TAP Air Portugal.

Recorde-se que a TAP comunicou a 31 de maio que reduziu de 2 mil para 206 o número de trabalhadores que ainda têm de sair da empresa. 

A próxima ronda de rescisões voluntárias prevê assim o despedimento de 206 trabalhadores. Se estes não aceitarem, a companhia aérea vai avançar para o processo de despedimento coletivo em julho.

Leia Também: Vídeo polémico: PNS pede "recato e sensibilidade" para situação na TAP

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório