Meteorologia

  • 22 JUNHO 2021
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Autárquicas. Enara Teixeira é a candidata do BE à Câmara do Peso da Régua

Enara Teixeira, a primeira candidata do Bloco de Esquerda (BE) à Câmara do Peso da Régua em eleições autárquicas, disse hoje que pretende ser "uma alternativa credível de voto" e mobilizar a população local para a "política de esquerda".

Autárquicas. Enara Teixeira é a candidata do BE à Câmara do Peso da Régua
Notícias ao Minuto

16:42 - 07/06/21 por Lusa

Política Autárquicas

"O objetivo principal desta candidatura é sermos uma alternativa credível de voto, o que é essencial, uma vez que a Régua tem um índice alto de abstenção", salientou a candidata pelo BE à Câmara do Peso da Régua, no distrito de Vila Real, nestas autárquicas de 2021.

Natural do Brasil, Enara Teixeira, de 38 anos, é licenciada em História e é Técnica Superior dos Serviços de Museologia/Centro de Informação na Fundação Museu do Douro, estando a viver e trabalhar em Peso da Régua desde 2007.

A primeira candidata do BE a esta autarquia destacou também que é "a primeira mulher a concorrer à Câmara da Régua" e referiu que outro dos objetivos passa por "mobilizar a população para a existência de uma política de esquerda" no concelho.

"Esperamos realmente conseguir fazer com que as pessoas acreditem em nós e construir uma política local, inclusiva, democrática, feminista, antirracista, que são as nossas bandeiras de sempre", explicou, referindo que falta "ouvir as pessoas" e "abreviar o caminho entre o poder local e a população local".

Como metas para a política local, Enara Teixeira pretende "criar planos que possam promover a mobilidade" dentro do município, destacando ser "algo que ainda não existe", bem como "o direito à vida em pessoas com deficiência", apontando problemas de mobilidade devido a "arruamentos e alguns serviços públicos que não estão preparados" para pessoas com mobilidade reduzida.

A candidata do BE defende ainda que a autarquia deve "pressionar o Governo para um plano ferroviário coerente com ligação para além da Régua".

A nível social, Enara Teixeira defende que são cobradas na Régua altas taxas de água e que este recurso deve ser "trabalhado" a nível económico e social, e ainda que há "uma necessidade de um plano para o arrendamento social".

Entende ainda que deve ser fortalecido o acesso à saúde pública gratuita "que ainda é deficitário" e o investimento "numa política social para os toxicodependentes".

Com o concelho inserido na região do Douro, Enara Teixeira aponta também que a autarquia deve trabalhar "alternativas para a agricultura intensiva" procurando "o equilíbrio com a biosustentabilidade".

E também que deve "acabar com a precariedade contratual visível no Douro e desigualdade de géneros" através da garantia do pagamento de salários a mulheres e homens na empreitada rural.

O BE quer ainda defender na Régua "o bem-estar animal", devido ao "número alto de animais de rua e abandonados que cresce de dia para dia".

A Câmara do Peso da Régua é liderada desde 2017 pelo social-democrata José Manuel Gonçalves, sendo que o PSD lidera a autarquia desde 2005.

O atual executivo é composto por quatro eleitos do PSD e três do PS.

As eleições autárquicas deste ano não têm ainda data marcada, mas, de acordo com a lei, terão de decorrer entre setembro e outubro.

Leia Também: Catarina Martins promete oposição aos "negócios privados de Rui Moreira"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório