Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
MIN 8º MÁX 18º

Edição

Xi Jinping ligou a Marcelo para o felicitar pela reeleição

O chefe de Estado chinês, Xi Jinping, deu hoje os parabéns a Marcelo Rebelo de Sousa pela reeleição no passado domingo e disse-lhe que deseja trabalhar com o Presidente português na promoção da cooperação bilateral.

Xi Jinping ligou a Marcelo para o felicitar pela reeleição
Notícias ao Minuto

18:59 - 27/01/21 por Lusa

Política Presidenciais

Segundo um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, as felicitações de Xi Jinping foram feitas numa ligação telefónica.

Os desafios colocados pela pandemia de covid-19 deram um novo impulso à "tradicional amizade" sino-portuguesa, estimulando a "cooperação pragmática" na luta contra o novo coronavírus, disse o Presidente chinês.

Xi Jinping atribui "grande importância" ao desenvolvimento das relações entre a China e Portugal e quer trabalhar com Marcelo Rebelo de Sousa para "beneficiar ambos os países e povos", refere o comunicado.

Marcelo Rebelo de Sousa, com o apoio do PSD e CDS, foi reeleito Presidente da República nas eleições de domingo, com 60,70% dos votos, segundo os resultados provisórios apurados em todas as 3.092 freguesias e quando faltava apurar três consulados.

A socialista Ana Gomes foi a segunda candidata mais votada, com 12,97%, seguindo-se André Ventura, do Chega, com 11,90%, João Ferreira (PCP e Verdes) com 4,32%, Marisa Matias (Bloco de Esquerda) com 3,95%, Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal) com 3,22% e Vitorino Silva (Reagir, Incluir e Reciclar - RIR) com 2,94%.

A abstenção foi de 60,5%, a percentagem mais elevada de sempre em eleições para o Presidente da República.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.159.155 mortos resultantes de mais de 100 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 11.305 pessoas dos 668.951 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório