Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Apoio de Costa a LFV? "É claramente um erro político", diz Ferreira Leite

Ex-líder do PSD comentou a polémica em que o primeiro-ministro esteve envolvido por pertencer à Comissão de Honra de Luís Filipe Vieira. Presidente do Benfica já retirou nome do governante da lista.

Apoio de Costa a LFV? "É claramente um erro político", diz Ferreira Leite

Manuela Ferreira Leite versou, no seu habitual espaço de comentário na TVI24, sobre a polémica em que António Costa esteve envolvido esta semana devido ao facto de o seu nome constar na lista para a Comissão de Honra de Luís Filipe Vieira, presidente e recandidato à liderança do Benfica. A ex-líder do PSD começou por afirmar que o tema da promiscuidade entre política e futebol "não é novo". 

"O futebol deixou de ser um desporto em que os participantes, os jogadores, os empresários, faziam tudo por amor à camisola e passou a ser uma indústria que movimenta muitos milhões". Com esta alteração, prosseguiu, "essa ideia do amor à camisola é para os adeptos, mas não é para quem está envolvido nessa indústria". 

Ferreira Leite recordou, em seguida, que "quem pela primeira vez protagonizou uma polémica desta natureza foi Rui Rio", quando ocupou o cargo de presidente da Câmara Municipal do Porto: "Ele não tornou aquilo num tema, mas aquilo é que se tornou um tema. Nessa altura não só se estranhou como se vilipendiou e foi tema de discussões e análises". "Enfrentou o FC Porto e o seu presidente, que é uma figura importante naquela cidade, e ele [Rui Rio] teve o atrevimento e, diria eu, a coragem, de ter dito que tudo o que tenha a ver com o FC Porto 'não misturo com a Câmara'"

"Na altura, era totalmente contra a corrente aquilo que ele fez e agora é contra a corrente aquilo que o primeiro-ministro fez", advogou.

"Neste momento", considerou, em que está "tudo escrito, tudo dito, fazem-se diplomas com as regras, o que é que os membros do Governo podem fazer", na opinião da ex-ministra, "mesmo assim, há erros políticos, e é claramente um erro político não se cumprir essas leis que os próprios fizeram"

De recordar que Rui Rio reagiu, no Twitter, à notícia hoje revelada de que o primeiro-ministro, António Costa, e o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, foram retirados da Comissão de Honra da candidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica.

"Percebo o que é deixar de ser candidato a qualquer coisa. Mas, pela natureza de uma Comissão de Honra, o que significa deixar de estar nessa comissão? O que acontece de diferente que não aconteceria se não tivesse deixado de estar?", questionou o líder do PSD.

Num comunicado partilhado esta quinta-feira - e que pode ler aqui na íntegra - Luís Filipe Vieira lamentou que "46 anos depois do 25 de Abril, se tenha de censurar quem livremente decidiu manifestar-me o seu apoio".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório