Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2020
Tempo
23º
MIN 18º MÁX 25º

Edição

Catarina Martins parabeniza trabalhadores porque nunca desistiram do SNS

A coordenadora do BE, Catarina Martins, felicitou hoje os trabalhadores do Serviço Nacional de Saúde por nunca desistirem desta "extraordinária construção da democracia", recordando as palavras do socialista António Arnaut que considerou tratar-se de "uma exigência ética da civilização".

Catarina Martins parabeniza trabalhadores porque nunca desistiram do SNS

No dia em que se cumprem os 41 anos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), Catarina Martins recorreu à rede social Twitter para assinalar esta data e citou o ex-líder bloquista João Semedo e o socialista António Arnaut, que escreveram juntos o livro "Salvar o SNS - Uma nova Lei de Bases da Saúde para defender a democracia", apresentado no início de 2018.

"Nos 41 anos do Serviço Nacional de Saúde, os parabéns são para os seus trabalhadores que nunca desistem desta extraordinária construção da democracia", enalteceu a líder bloquista.

Segundo Catarina Martins, "na dificuldade acrescida da resposta à pandemia, prova-se, como João Semedo sempre insistiu, que a força do SNS reside nos seus profissionais e num povo que não o dispensa".

"Vale a pena lembrar as palavras de António Arnaut sobre as dificuldades do SNS e a nossa responsabilidade", acrescentou.

Assim, a coordenadora do BE citou Arnaut: "O SNS é do povo, é uma exigência ética da civilização. Por isso, todos os partidos devem dar-lhe o seu apoio se querem servir os profundos interesses nacionais. É tempo de semear de novo. Perdeu-se alguma sementeira mas não se perdeu a semente. E o terreno é fértil".

Esta manhã, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou os profissionais de saúde e defendeu um reforço dos meios do SNS, numa mensagem em que assinala os 41 anos desta rede de estabelecimentos e serviços públicos.

O chefe de Estado "lembra a todos que é necessário ir mais longe, reforçar e dotar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) dos meios adequados para responder ao grande desafio dos próximos tempos" e evoca nesta nota o fundador do PS e antigo ministro António Arnaut, que morreu há dois anos e é considerado o "pai" do SNS.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório