Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

PSD questiona Governo sobre formas de evitar a eutrofização do rio Ponsul

Um grupo de 17 deputados do PSD questionou o Governo sobre o processo de eutrofização no rio Ponsul e sobre quando foi feita a remoção das plantas aquáticas, anunciada em abril pela Agência Portuguesa do Ambiente.

PSD questiona Governo sobre formas de evitar a eutrofização do rio Ponsul
Notícias ao Minuto

12:48 - 26/08/20 por Lusa

Política Partidos

Na pergunta a que a agência Lusa teve hoje acesso, o grupo de deputados do PSD questiona o ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, sobre as medidas que o Ministério tomou ou diligenciou até à data para eliminar a planta invasora 'Azolla' no rio Pônsul, um afluente do Tejo, que atravessa Idanha-a-Nova e Castelo Branco.

"Apesar dos alertas manifestados desde abril pelo grupo parlamentar do PSD ao senhor Ministro do Ambiente e Ação Climática, a planta tomou proporções destruidoras e o fenómeno está fora de controlo pela falta de ação na fase inicial do problema", sustentam os sociais-democratas.

Adiantam que "o crescimento exacerbado" desta planta invasora provoca a morte das espécies que se encontram sob o manto desenvolvido pelo processo de eutrofização das águas, colocando em causa tanto o equilíbrio ecológico do rio, como o seu aproveitamento económico.

Os deputados realçam ainda que o governante confirmou, em 21 de maio, depois de ser questionado em audição regimental pelo grupo parlamentar do PSD sobre o assunto, "que seriam realizadas ações para resolução do problema".

E recordam que a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) informou através de um comunicado que tinha previstas ações de reabilitação da galeria ribeirinha no rio Ponsul, no sentido de reduzir o 'input' de nutrientes para o curso de água e que a agência ponderou uma intervenção para remoção mecânica destas plantas aquáticas.

"Conforme confirmam as imagens recolhidas a 22 de agosto de 2020, o rio Ponsul encontra-se num estado de eutrofização que deveria merecer a ação efetiva do senhor Ministro do Ambiente e Ação Climática (MAAC) junto das autoridades com competências para a resolução deste problema", sublinham.

"Tendo o MAAC conhecimento do fenómeno de eutrofização que está a ocorrer no rio Ponsul, que medidas tomou ou diligenciou para que fossem tomadas para eliminar a planta invasora Azolla até à data", questionam.

Os deputados sociais-democratas querem ainda saber em que data foi realizada a intervenção para remoção mecânica destas plantas aquáticas no rio Ponsul, "conforme comunicação da APA em 28 de abril de 2020".

Face às proporções devastadoras do fenómeno, perguntam ainda que medidas estão a ser tomadas pelo ministro e pelo seu Ministério a fim de restabelecer a qualidade ambiental das margens e do caudal do Rio Ponsul.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório