Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

AR lamenta morte do primeiro médico que foi vítima da pandemia

A Assembleia da República aprovou hoje, por unanimidade, um voto de pesar pela morte do primeiro médico vítima da pandemia da covid-19, Vítor Duarte.

AR lamenta morte do primeiro médico que foi vítima da pandemia
Notícias ao Minuto

14:18 - 10/07/20 por Lusa

Política Covid-19

O voto de pesar foi apresentado pelo PSD e contou com votos favoráveis de todas as bancadas, que no final realizaram o habitual minuto de silêncio.

Segundo a nota, quando morreu Vítor Duarte estava internado, "há já cerca de um mês e meio", nos cuidados intensivos do Hospital de São José, unidade integrada no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central, EPE (CHULC).

Vítor Duarte tinha 68 anos e era especializado em Medicina Interna, prestando serviço na equipa de gastroenterologia do Hospital Curry Cabral, unidade igualmente integrada no CHULC.

"As qualidades humanas e profissionais do Dr. Vítor Duarte, enaltecidas por todos quantos com ele conviveram, podem ser sintetizadas num sentido louvor: foi um homem sério, honrado e profundamente dedicado aos seus doentes", enaltece a nota.

O PSD alerta que a morte do médico "demonstra ainda o enorme risco a que estão sujeitos" os profissionais de saúde do país e que a "proteção dos profissionais de saúde é a primeira medida para garantir a proteção de todos os portugueses".

A notícia da morte do médico foi avançada pelo jornal Público, segundo qual o clínico terá sido infetado por um colega, e "não teria fatores de risco associados".

Portugal contabiliza pelo menos 1.644 mortos associados à covid-19 em 45.277 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório