Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2020
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

PSD critica demora nos resultados dos testes de quem chega à região

A deputada do PSD à Assembleia Legislativa dos Açores Mónica Seidi criticou hoje a demora na divulgação dos resultados dos testes à covid-19 efetuados aos passageiros que chegam à região por via aérea.

PSD critica demora nos resultados dos testes de quem chega à região
Notícias ao Minuto

17:10 - 07/07/20 por Lusa

Política Açores

"Não é aceitável que uma região que se abra ao exterior anuncie algo que até ao momento não consegue cumprir e que não tenha condições de comunicar algo dentro do prazo previamente programado", afirmou a parlamentar social-democrata, referindo-se ao facto de o Governo Regional ter anunciado que os resultados dos testes seriam conhecidos "dentro de 12 horas", quando na prática, referiu, estão a demorar dois ou três dias.

Numa declaração política feita na sede do parlamento regional, na cidade da Horta, Mónica Seidi considerou que esta demora não deve colocar em causa a segurança dos açorianos.

"Exige-se uma resposta mais célere e que rapidamente sejam ultrapassados os constrangimentos técnicos causadores destes atrasos", insistiu.

A social-democrata criticou também a demora que se está a verificar atualmente no Serviço Regional de Saúde, devido à pandemia, na realização de exames complementares de diagnóstico e de cirurgias a doentes sem covid-19.

"Quantas colonoscopias ficaram por fazer? Quantas mamografias ou ecografias ficaram por fazer? Quantas consultas, quantos tratamentos de fisioterapia, quantas cirurgias programadas foram, afinal, adiadas? Por que razão o Governo Regional insiste em esconder estes números aos açorianos?" questionou.

Na resposta, a secretária regional da Saúde, Teresa Luciano, lembrou que já se realizaram milhares de testes à covid-19 aos passageiros que chegaram aos Açores e que é provável que exista algum atraso na sua divulgação.

"O número de testes a passageiros que entraram na região, entre 15 de junho e 04 de julho, foi de 6.825", explicou a governante, adiantando que "2.328 trouxeram testes da origem e 4.497 foram feitos nas cinco portas de entrada na região, até ao momento".

Teresa Luciano sublinhou também não existirem atrasos substanciais na realização de exames complementares de diagnósticos e de cirurgias, nos hospitais da região, por causa da covid-19.

"Estamos a trabalhar, estamos a dar consultas, estamos a tratar dos nossos doentes", insistiu a governante, revelando alguns dados estatísticos, segundo os quais houve um aumento de consultas e de exames complementares de diagnóstico no arquipélago, nos primeiros meses deste ano, em comparação com igual período de 2019.

Apesar das explicações do executivo socialista, o líder do CDS-PP nos Açores, Artur Lima, lembrou que os resultados dos testes à covid-19 a que já foi submetido no arquipélago demoraram sempre "muito mais" do que as 12 horas anunciadas pelo executivo socialista.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório