Meteorologia

  • 10 JULHO 2020
Tempo
22º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Eleições para a direção da bancada do PSD serão remarcadas em breve

O presidente e líder parlamentar do PSD, Rui Rio, disse hoje que as eleições para a direção da bancada, adiadas devido à pandemia de covid-19, serão remarcadas em breve, "mais semana, menos semana, mais dia, menos dia".

Eleições para a direção da bancada do PSD serão remarcadas em breve
Notícias ao Minuto

14:09 - 28/05/20 por Lusa

Política Covid-19

"A partir de segunda-feira, o país não abre completamente, mas abre muito e a Assembleia da República ainda abre mais. Assim sendo, já não vejo razão para que não se possam fazer eleições em urna, em que as pessoas vão entrando e saindo da sala onde estiver essa urna", afirmou Rio, questionado à margem de uma conferência de imprensa destinada a apresentada as medidas que o PSD propõe na área social de resposta às consequências da pandemia.

O líder do PSD salientou que a direção já pediu às estruturas do partido "que acelerem as eleições que já deviam ter tido lugar".

"Dentro dessa lógica, insere-se também a questão do grupo parlamentar, mais semana, menos semana, mais dia menos dia, remarcamos as eleições", disse, com o deputado Adão Silva ao seu lado, que era o único candidato à sucessão de Rio na liderança da bancada.

As eleições para a bancada chegaram a estar previstas para 19 de março - Rio tinha assegurado que deixaria o cargo depois do congresso e de concluir uma reorganização interna -, e o primeiro vice-presidente do grupo Adão Silva apresentou-se então como o único candidato, mas foram adiadas, uma vez que os plenários da Assembleia da República começaram a ter limites no número de deputados.

Na conferência de imprensa, Rio escusou-se a responder às críticas feitas esta semana pelo deputado Pedro Rodrigues, que se demitiu do cargo de coordenador da bancada na Comissão de Trabalho e Segurança Social, invocando "falta de confiança" do presidente do partido e do grupo parlamentar.

Numa carta a que a Lusa teve acesso, o ex-líder da Juventude Social Democrata lamentou que Rui Rio não tenha acertado com a equipa de coordenação desta comissão parlamentar "quer o sentido de voto em matérias fundamentais", "quer o conteúdo e a oportunidade de iniciativas parlamentares nesse mesmo âmbito ou mesmo de debates parlamentares de especial relevância nas áreas da segurança social e do trabalho".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório