Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

PSD sugere que Norte e Centro são prejudicados na distribuição de testes

O grupo parlamentar do PSD questionou hoje o Ministério da Saúde sobre os critérios usado na distribuição de testes à covid-19 pelo país, argumentando que "parecem refletir um encaminhamento geograficamente não equitativo", em prejuízo do Norte e Centro.

PSD sugere que Norte e Centro são prejudicados na distribuição de testes
Notícias ao Minuto

19:35 - 09/04/20 por Lusa

Política Covid-19

Numa pergunta formal ao ministério dirigido por Marta Temido, os deputados do PSD sublinham que os casos de covid-19 nas regiões de saúde Norte e Centro "correspondem à larga maioria dos casos registados no território de Portugal continental, revelando, à data de hoje, 71,8% dos casos confirmados e 80,2% dos falecimentos".

"Não será de excluir que para esta situação também tenha contribuído, apesar dos lancinantes apelos de muitos autarcas, a insuficiente distribuição, por parte das autoridades de saúde, dos testes para a despistagem ao Covid-19, escasseando ainda a falta de zaragatoas e de reagentes de extração, daí decorrendo indesejáveis atrasos na realização dos mesmos", defendem.

Os deputados sociais-democratas alegam que se multiplicam também "os casos de lares de idosos onde não são efetuados os necessários testes", por exemplo, em Gondomar ou em Aveiro, e que "apesar das sucessivas promessas do Ministério da Saúde, facto é que apenas um reduzido número de pessoas está a ser diariamente testado", e "milhares de cidadãos em espera".

"As situações referidas parecem refletir um encaminhamento geograficamente não equitativo de kits de testes ao Covid-19, porventura até com prejuízo para as regiões do País onde se verifica uma maior incidência dessa doença, o que importa esclarecer e, sendo caso disso, corrigir", referem.

O PSD questiona, assim, o Ministério da Saúde sobre "os critérios que estão subjacentes à distribuição de testes de despistagem à covid-19 no país", e quer saber quantos testes foram realizados, até à data," nas regiões de saúde do Norte e Centro, por concelho, e quantos serão enviados e em que prazos, também por concelho".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 89 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 409 mortes, mais 29 do que na véspera (+7,6%), e 13.956 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 815 em relação a quarta-feira (+6,2%).

O país encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril, depois do prolongamento aprovado no dia 02 de abril na Assembleia da República.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório