Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

"Começo a achar que estamos pouco preparados para o plano de retoma"

João Cotrim Figueiredo apontou farpas ao Executivo e aproveitou para explicar o sentido de voto do partido no âmbito do Estado de Emergência.

"Começo a achar que estamos pouco preparados para o plano de retoma"
Notícias ao Minuto

14:31 - 07/04/20 por Filipa Matias Pereira

Política João Cotrim Figueiredo

Reiterando as palavras do Presidente da República ao início da tarde desta terça-feira, João Cotrim Figueiredo vincou a necessidade de continuar a luta contra a Covid-19 ao longo deste mês. "Realmente, abril é o mês para continuar a manter as medidas de contenção, que defendo sem hesitação".

O líder do Iniciativa Liberal aproveitou a oportunidade, à saída da reunião no Infarmed, para explicar o sentido de voto do partido relativamente ao Estado de Emergência. "O voto não foi contra as medidas de contenção, mas contra o excesso de poderes que estavam contidos" no decreto. No entendimento do parlamentar, nenhuma das medidas adotadas necessitava da declaração do Estado de Emergência.

O deputado frisou ainda que, passadas "três reuniões", continuam por responder as "questões que foram colocadas na primeira", nomeadamente "sobre os planos de testes necessários para saber qual a real extensão da pandemia. Continuo a não ver nem a coordenação, nem o sentido de urgência que estas medidas exigem. Da mesma forma que achei que estávamos pouco preparados para a pandemia, começo a achar que estamos pouco preparados para o plano de retoma que urge fazer".

Recorde-se que decorreu hoje a terceira sessão sobre a "situação epidemiológica da Covid-19 em Portugal", em que os especialistas se concentraram na avaliação do risco de reabertura das escolas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório