Meteorologia

  • 04 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Nuno Melo reeleito presidente da Distrital de Braga do CDS em lista única

O eurodeputado Nuno Melo foi hoje reeleito, com 380 votos, presidente da Comissão Política Distrital de Braga do CDS-PP, em eleições que contaram com apenas uma lista, disse fonte do partido.

Nuno Melo reeleito presidente da Distrital de Braga do CDS em lista única
Notícias ao Minuto

22:22 - 15/02/20 por Lusa

Política CDS-PP

Segundo a mesma fonte, registaram-se ainda dois votos em branco.

Nuno Melo vai cumprir o segundo mandato consecutivo na liderança da Distrital de Braga, cargo que também já tinha desempenhado entre 2000 e 2011.

Na lista de Nuno Melo para a Comissão Política figuram como vice-presidentes Durval Tiago Ferreira, José Manuel Ribeiro Cardoso, Gonçalo Nuno Lopes Pimenta de Castro, José Manuel Carvalho Lopes, Joaquim Rodrigues Soares e Paulo Jorge Pinheiro Marques Silva.

Para secretários surgem Mário João Araújo e Silva e José Eduardo Baptista Vieira, contando a lista com mais 30 nomes para os cargos de vogais.

O presidente do Conselho Distrital de Jurisdição será Hélder Joaquim Fernandes Pereira, que terá como vogais José Joaquim Pereira da Costa Abreu e Pedro Tiago da Silva Oliveira.

José Manuel Gonçalves Oliveira é o nome apontado para liderar o plenário distrital.

Na terça-feira, em declarações à Lusa, Nuno Melo assinalou que esta lista "procura premiar, fundamentalmente, as pessoas que se esforçaram muito no ciclo difícil das eleições europeias e das eleições legislativas e que, apesar das dificuldades, deram tudo de si".

Sublinhando que o próximo "e muito difícil" desafio são as eleições autárquicas do próximo ano, Nuno Melo adiantou que quer que o distrito de Braga seja "eficaz" neste ato eleitoral e que o CDS possa "apresentar listas concorrentes em todos os concelhos".

Lembrou que no distrito de Braga o CDS está coligado em algumas autarquias e advogou que o processo de escolha dos candidatos deve ter em conta a opinião das estruturas concelhias e o parecer das distritais, apesar de a última palavra ser dos órgãos nacionais.

Quanto à relação com a nova direção nacional, liderada pelo presidente do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos (que não era o candidato que Nuno Melo apoiava), o eurodeputado vincou que "os órgãos locais do CDS têm as suas obrigações muito bem definidas nos regulamentos do partido e esses não são alterados consoante as lideranças".

"Podemos estar mais próximos ou não, mas as obrigações são muito claras e, por isso, enquanto presidente de uma distrital, o meu empenho vai todo no sentido de trabalhar para o crescimento do CDS", sendo esse "o propósito em todo o distrito", defendeu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório