Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2020
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 26º

Edição

Rio vence eleições. "Cabem todos cá dentro, com lealdade e seriedade"

Rui Rio venceu esta noite as eleições diretas do PSD com 53,02% dos votos e avisou que no partido, por si, cabem todos, "desde que com lealdade e seriedade". Montenegro conseguiu 46,98% dos votos. "Não vale a pena anunciarem a minha morte política", disse, afirmando que regressará à condição de militante base e que participará, como sempre, na vida do partido.

Rio vence eleições. "Cabem todos cá dentro, com lealdade e seriedade"

Os cerca de 40 mil militantes social-democratas tiveram até às 20h00 deste sábado para votar ou em Rui Rio, recandidato a líder, ou em Luís Montenegro, ex-líder parlamentar do bancada laranja. E deram a vitória ao ex-autarca do Porto com 53,03% dos votos. 

23h19: Conselho de Jurisdição Nacional, pela voz de Nunes Liberato, anuncia resultados provisórios oficiais: 40.628 inscritos, 31295 votantes, votos brancos 199, nulos 129, Rio obteve 16.420 votos (53,02%), Montenegro 14.547 (46,98%). "As eleições decorreram com toda a normalidade e com muito poucos incidentes. O CJN declara eleito presidente da comissão política nacional do PSD o militante Rui Rio", disse. 

23h10: Rio responde agora a perguntas dos jornalistas. "Para mim, um voto a mais de quem ganhasse, era suficiente para não infernizar a vida de ninguém", disse, quando questionado sobre se o resultado que obteve é suficientemente expressivo. E Respondendo ao desafio de Montenegro, Rio afirmou que fez as interpretações dos resultados nas respetivas noites eleitorais (europeias e legislativas). 

23h08: "Tal como fiz há dois anos, hoje vou repetir, para mim cabem todos cá dentro, desde que estejam com seriedade e com lealdade. O nosso adversário comum é o PS e a Geringonça, não é naturalmente o PSD". 

23h04: "Foi tempo de marcar as diferenças. Vamos ouvindo os comentadores dizer que o PSD está todo partido. Mas está partido porquê? Porque teve eleições, e uns votaram num e outros votaram noutro? Coisa mais normal do que isso não há. O PSD, porque teve uma eleição disputada, não está partido, é um partido democrático. (...) Houve o momento para se marcar as diferenças, vamos iniciar agora o momento para marcar a unidade, é isso que eu espero"

23h01: "Fui buscar três frases" da apresentação da candidatura, há três meses. "Candidato-me por espírito de missão e com total desprendimento; aceitarei a vitória sem euforias, tal como respeitarei a derrota sem qualquer mágoa ou azedume; aceitarei qualquer resultado com a tranquilidade de ter cumprido o meu dever com o partido, com o país e com a minha própria consciência". "É assim que eu encaro esta vitória, com satisfação, com orgulho, mas acima de tudo, com sentido da responsabilidade", declarou Rio. 

23h00: A sétima mensagem é dirigida ao fundador do PSD Balsemão. "Tenho a honra de me ter apoiado sempre e é muito importante ter o apoio daquele que é a primeira referência do nosso partido". "Continuarei apostado em defender a social democracia que ele ajudou muito a construir em Portugal e a honrar o legado de Francisco Sá Carneiro". 

22h58: A sexta mensagem é "muito especial e para longe". "É uma mensagem para o PSD dos Açores, que está a realizar o seu congresso que era onde eu devia estar se não tivesse tido a segunda volta. "O PS tem nos Açores há 24 anos um poder tentacular. Penso que estamos em condições de disputar essas eleições em outubro taco a taco". 

22h57: Rio cumprimenta também os candidatos derrotados, Pinto Luz, e  Luís Montengro

22h56: Uma mensagem para os portugueses que o incentivaram: "Aqueles que disseram que se eu ganhasse entravam para o PSD têm pois a porta aberta e podem entrar". 

22h55: Rio agradece aos que votam em si, mais 1670 em relação à semana passada. "Não prometi nada a ninguém em troca de votos. Não tiveram nada em troca".

22h50: É agora a vez do vencedor, Rui Rio, discursar. "São sete mensagens que aqui vou deixar outra vez. A primeira é para agradecer a todos os militantes que votaram (...) Com esse ato de participação engrandeceram o PSD, independentemente do resultado que viesse a acontecer. É um factor de orgulho e de responsabilidade". Rio agradece também "às estrututas de campanha pelo país todo (...) Foram inexcedíveis. Penso que todos compreenderão se fizer 4 agradecimentos: ao José Silvano, à Florbela Guedes, ao Salvador Malheiro e Maló de Abreu" 

22h39: "Não vale a pena anunciarem a minha morte política, creio que essa notícia é manifestamente exagerada", diz Montenegro, terminando o discurso. "Aproveitem esta alma e esta chama para conseguirmos uma sociedade mais justa". 

22h36: "Não sou político de profissão, sou político por missão", atira Montenegro, sublinhando não ter uma visão de preocupação quanto ao seu futuro político. "O meu futuro político está centrado em ser um militante ativo do PSD". 

22h34: "Não quero ter uma perspectiva negativa, não é interessante saber o que falhou, o que é interessante é verificar que o partido relegitimou Rio e deu-lhe uma nova oportunidade de poder inverter o ciclo de maus resultados". 

22h30: Luís Montenegro responde agora a perguntas dos jornalistas. "Estarei no futuro, como estive no passado, para ajudar o PSD. Vou regressar à minha condição de militante base, não tenciono  nos próximos tempos desempenhar nenhuma função nem nenhum cargo no PSD, mas estarei disponível para os combates na medida em que o partido quiser". 

22h24: Montenegro já telefonou a Rui Rio a transmitir as suas felicitações. "Aqui não há nenhum equívoco, nem nenhuma dúvida: Ele foi o vencedor destas eleições, é credor do nosso cumprimento, é credor do nosso desejo que possa  ultrapassar com êxito os combates que o partido vai travar. Desejo ao Ri Rio que possa ser bem-sucedido nessas duas campanhas eleitorais. Quero dizer que não pondo em causa os resultados de hoje, mas com a responsabilidade e legitimidade de aqui representar cerca de 47% dos militantes que se expressaram, de pedir ao dr. Rui Rio e à nova direção política que saibam interpretar os resultados eleitorais que o PSD teve no último ano. E também saibam interpretar o que resulta da avaliação que os militantes hoje fizeram nas urnas", afirmou. 

22h23: "O PSD é um partido aberto à sociedade", sublinhou Montenegro, cumprimentando um mandatário que não é militante do partido. O candidato derrotado saúda todos os que ajudaram na campanha."Tenho uma dívida de gratidão para com todos", frisou, destacando o diretor de campanha, Pedro Alves, e Hugo Soares. Saudou também as estruturas do partido. "Foi muito reconfortante perceber que o partido está vivo e as estruturas dedicadas ao trabalho que temos pela frente", 

22h22: Montenegro dirige palavras à mandatária Margarida Balseiro Lopes. 

22h17: Luís Montenegro entra na sala do hotel, aplaudido pelos seus apoiantes. Ex-líder parlamentar prepara-se para discursar. "Muito boa noite a todos. Queria agradecer a vossa presença, apoio e entusiasmo (...) Queria cumprimentar todos os militantes, os que votaram e os que não votaram. Somos um grande partido. Como disse muitas vezes ao longo desta caminhada, temos no nosso partido uma grande força que temos de aproveitar. Quero saudar o sentido democrático de todos os que participaram no ato eleitoral". 

22h07: Os apoiantes de Luís Montenegro começaram, perto das 22h00, a entrar na sala onde o antigo presidente da bancada fará a sua declaração, quando ambas as candidaturas apontam a vitória de Rui Rio. 

22h00: Miguel Pinto Luz, candidato derrotado na primeira volta, já deu os parabéns a Rui Rio pela reeleição, embora os resultados oficiais ainda não sejam conhecidos. "Quero cumprimentar Rui Rio pela vitória e por ter merecido a confiança dos militantes", escreveu, assegurando que o PSD contará com a sua "militância leal e interventiva".

21h47: Faltando apurar 113 secções,  Rio já lidera com 51,39% dos votos. 

21h30: Resultados finais serão conhecidos às 22h30, mas Rio espera a vitória. Fontes da candidatura adiantam que ex-autarca do Porto vence com 53,3% dos votos

Notícias ao MinutoResultados disponibilizados pelo site do PSD quando faltam apurar 135 seções© PSD

21h22: Rui Rio recuperou a liderança na contagem dos votos com 50,02%. Faltam apurar, nesta altura, 136 seções

21h14: 50%-50%. Os resultados estão nesta altura empatados, numa altura em que faltam apurar 137 seções

21h10: Rui Rio bem disposto. "Acho que correu bem. Não aconteceu assim nada de transcende que alterasse o que tivesse de alterar (...) Quem vai atrás tem a preocupação de agitar as águas, é sempre assim", disse aos jornalistas à chegada ao hotel onde vai acompanhar os resultados. O líder laranja afirmou ainda que boicote às diretas na Madeira "não é lá muito correto"

21h08: Vantagem de Rui Rio, de acordo com os dados divulgados pelo PSD, continua a encurtar. O atual líder segue com 50,56%, numa altura em que estão apuradas 178 seções

21h05: Hugo Carneiro diz que a contagem está a ser mais rápida do que na primeira volta. "Resulta do esforço que a sede nacional de haver uma comunicação mais célere", disse. 

21h00: Com 148 seções por apurar, Rio continua à frente na contagem com 52,39%. Montenegro segue com 42,61%. 

20h54: Rui Rio volta a vencer no Porto.  Com 11.703 votos apurados, o líder leva vantagem com 54,6% dos votos. 

20h00- Urnas encerradas. Começa a contagem dos votos

Em declarações aos jornalistas depois de terem votado, tanto Rio  como Montenegro manifestaram confiança no resultado das diretas. Além de confiante, o ex-autarca do Porto disse estar, como em qualquer eleição, "tranquilo", não querendo estender-se em comentários políticos no momento em que os militantes ainda votavam. Sem discurso preparado, Rio tem apenas "alguns tópicos" sobre o que dirá quando forem conhecidos os resultados, sem ignorar as duas possibilidades em cima da mesa: perder ou ganhar. "Nunca se sabe", sublinhou. 

Luís Montenegro, "muito confiante", vincou que se o resultado lhe for favorável, irá começar a unir o partido "no primeiro segundo", tendo em vista "lançar-se" no objetivo de ganhar a confiança dos portugueses e construir uma alternativa ao Governo socialista que acusa de estar a "empatar" o desenvolvimento do país. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório